Grêmio rebaixado em 2021? Três resultados rebaixam o time hoje

Equipe gaúcha teme ser rebaixada antes mesmo de entrar em campo na segunda-feira

Depois de empatar com o Corinthians em 1 a 1 na penúltima rodada do Brasileirão no domingo, 05/12, apenas um milagre salva o Grêmio do rebaixamento. Neste momento, torcedores fazem as contas de quantos pontos serão necessários para que o Grêmio seja rebaixado ou não em 2021 até a segunda divisão.

Quais as chances do Grêmio ser rebaixado em 2021?

Com 40 pontos até a penúltima rodada, o Grêmio sofre com a chance de ser rebaixado. Depois do empate contra o Corinthians no último domingo, o Tricolor gaúcho precisa torcer por derrotas de Juventude e Cuiabá na segunda-feira se quiser continua na primeira divisão, que enfrentam São Paulo e Fortaleza respectivamente.

Se os dois times pontuarem, então o Grêmio está matematicamente rebaixado. É importante ressaltar que os dois tem 43 pontos para cada enquanto o Imortal tem 40.

Entenda cada uma das chances de rebaixamento do Grêmio na temporada.

 

1- Se o Juventude e Cuiabá pontuarem nesta segunda-feira

Caso Juventude e Cuiabá pontuem nesta segunda, 6 de dezembro, aí o Grêmio está matematicamente rebaixado mesmo sem entrar em campo. Isso porque as duas equipes também aparecem na briga contra a degola e, com pontos adquiridos na reta final, aí o tricolor não conseguirá mais deixar a zona de rebaixamento.

 

2- Se Juventude ou Cuiabá vencerem e o Grêmio perder contra o Galo

Outro cenário para o Grêmio ser rebaixado é que, se Juventude ou Cuiabá pontuarem na penúltima rodada e, por fim, o clube de Porto Alegre perder ou empatar o seu jogo para o Atlético, aí cai oficialmente para a segunda divisão.

 

3- Se Juventude e Cuiabá perderem e o Grêmio perder na última rodada

O Grêmio conta com a sorte de ter dois tropeços nesta segunda-feira diante do Juventude e Cuiabá. No entanto, mesmo se isso acontecer e o elenco gaúcho perder o seu último jogo contra o Galo, aí está rebaixado.

 

Grêmio sobrevive se vencer o próximo jogo e Bahia, Juventude e Cuiabá não pontuarem mais

A única chance de sobrevivência para o Grêmio é se Juventude ou Cuiabá não vencerem na penúltima rodada e, então, o clube gaúcho vencer o seu último jogo, além de torcer por tropeços dos dois clubes mais o Bahia para aliviar o seu lado.

Levado em conta os números e as probabilidades, o Grêmio tem 97.5% de chance de ser rebaixado para a segunda divisão este ano, de acordo com o estudo divulgado pelo Departamento de Matemática da UFMG, atualizado diariamente.

Corinthians e Grêmio empatam em penúltima rodada

Prestes a vingar o rebaixamento de 2007, quando o Corinthians foi rebaixado pelo próprio Grêmio na última rodada do Brasileiro, o time paulista viu a casa cheia com torcedores que buscaram apoiar o elenco com cartazes, brincadeiras envolvendo o fantasma da Série B e muito mais.

No entanto, o Timão não fez a sua lição de casa mesmo com o show da torcida. Logo no primeiro tempo, o Tricolor abriu o placar com Diego Souza aos 39 minutos, levando os gremistas à loucura. Até aquele momento, o Grêmio estava salvo da degola até que, aos 40 do segundo tempo, Renato Augusto deixou tudo igual em campo para o desespero do torcedor de Porto Alegre.

Com o apito final em 1 a 1, mesmo o Corinthians não tendo rebaixado de maneira oficial o Grêmio, o resultado deixou o clube em alerta. Isso porque precisa, além de vencer o seu próximo jogo, torcer por derrota de Juventude e Cuiabá, que também enfrentam a Z-4.

Qual é o próximo jogo do Grêmio?

Pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, a última da temporada, o Grêmio recebe o Atlético-MG, já campeão de maneira antecipada, na quinta-feira a partir das 21h30 (horário de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

O time azul precisa vencer seja como for, além de torcer por tropeços dos adversários da zona de rebaixamento.

 

Leia também:

Quem é Anderson Talisca, jogador que o Corinthians quer em 2022 

Você pode gostar também