Janela de transferências do Brasil de 2022: como funciona?

Período para contratações de jogadores em 2022 se aproxima

A cada verão, centenas de milhões de reais mudam de mãos, enquanto os melhores clubes de futebol do país competem pelos melhores jogadores nas próximas temporadas. Mas o que é realmente uma transferência e como funciona a janela de transferências do Brasil 2022?

Como funciona a janela de transferências do Brasil?

A janela de transferências é um período no ano em que os clubes podem contratar, vender e negociar acordos por jogadores. Nesse momento, os times podem ter a chegada de novos atletas, seja por compra, empréstimo ou assinando com quem está livre, e a saída, também por venda, empréstimo e por fim de contratos com jogadores.

As transferências podem ocorrer entre qualquer clube do mundo e são oficializadas após registro na FIFA e nas confederações nacionais, como a CBF no Brasil.

Os clubes podem até negociar fora dos períodos específicos, mas só podem tornar os acordos oficiais dentro da data pré-estipulada.

Os únicos que não podem contratar são aqueles clubes que recebem punições da FIFA após não pagar a um outro time por antigas transações. Como o Santos em 2020 e 2021 e o Cruzeiro, que perdeu seis pontos antes do início da Série B de 2020 por não ter pagado uma dívida antiga.

Quando começa?

Janela de transferências Brasil 2022
Foto: reprodução / Thais Magalhães / CBF

No Brasil, a primeira janela de transferências se iniciará no dia 19 de janeiro de 2022 e fechará no dia 12 de abril. O segundo período de movimentação vai de 18 de julho até o dia 15 de agosto. Isso significa que os clube das Séries A e B do futebol brasileiro só poderão fazer registros de novos atletas nesse período. Antes a limitação era apenas para contratações internacionais, ou seja, quando o acordo era por um jogador que atuava fora do Brasil.

Para times do país, a única limitação existente era o período de inscrição para cada competição. Se o acordo se concretizasse dentro do prazo, os novos jogadores poderiam chegar aos clubes em qualquer momento.

Como foi o caso de Breno Lopes, atacante do Palmeiras contratado junto ao Juventude-RS em novembro de 2020. Com a nova regra, o jogador que fez o gol do título do Verdão contra o Santos na Libertadores não poderia jogar, como aconteceu com ele no Mundial de Clubes.

As únicas transferências que poderão ser feitas são aquelas que envolvem atletas sem time ou sem contrato antes do final das janelas.

A nova data será estendida para todos os outro clubes nacionais em 2023.

TRANSFERÊNCIA DE JOGADORES NA EUROPA

Na Europa, cada liga tem suas datas específicas. No campeonato inglês, a Premier League, a última janela internacional de transferências se iniciou no dia 9 de junho e se encerrou no dia 31 de agosto, às 19h (horário de Brasília). Na Espanha, na La Liga, a janela abriu no dia 1 de julho e fechou também no dia 31 de agosto, às 19h (Brasília).

Apesar de começarem em momentos diferentes, todas as janelas europeias se encerram no último dia de agosto, apenas alterando os horários de uma para outra.

Os regulamentos da FIFA estabelecem dois períodos anuais durante os quais os clubes podem comprar jogadores estrangeiros, conhecidos como janelas de transferência. A janela de transferência mais longa cai entre as temporadas e a mais curta cai no meio da temporada, mas o momento exato é definido pelas associações de futebol de cada país.

Leia também:

Títulos do Corinthians Feminino: conheça as conquistas do Timão

Você pode gostar também