Quem ganhou o Brasileirão 2021: Atlético-MG é campeão

Time mineiro venceu o Bahia nesta quinta-feira e, de maneira antecipada, conquistou o segundo título brasileiro

O Atlético-MG foi quem ganhou o Brasileirão em 2021. Após vencer o Bahia por 3 a 2 nesta quinta-feira, 02/11, o Galo confirmou o título na temporada do campeonato. A conquista soma o segundo troféu na história do clube, tendo vencido o primeiro em 1971.

Atlético-MG é quem ganhou o Brasileirão em 2021

O Atlético Mineiro é campeão do Brasileirão 2021. Em jogo realizado em Salvador, na Arena Fonte Nova, contra o Bahia em 02/12, o Galo leva o troféu pela segunda vez na história do torneio. O primeiro título conquistado aconteceu em 1971, a primeira edição do Campeonato Brasileiro Série A.

O time campeão do Atlético-MG, comandado pelo técnico Cuca, foi para campo com Everson (Goleiro); Guilherme Arana (Lateral), Junior Alonso (Zagueiro), Mariano (Lateral), Nathan (Zagueiro); Zaracho (Meia), Tchê Tchê (Meia), Nacho (Meia); Vargas (Atacante), Keno (Atacante), Hulk (Atacante).

Primeiro tempo do jogo do Galo hoje

A partida teve cara de final, com os dois times pressionando em todas as oportunidades. Logo nos primeiros minutos o Atlético chegou bem no ataque com Keno e Mariano, mas não obteve sucesso. Aos 10, Gilberto assustou a defesa do Galo, mas foi desarmado por Junior Alonso em seguida.

O confronto seguiu equilibrado até a metade da etapa, com os dois mostrando bom lado ofensivo mas sem finalizações perigosas. Os anfitriões foram com Rodriguinho e Rossi, enquanto os visitantes assustaram com Hulk e Keno.

No finalzinho da etapa, aos 39, Nacho teve a melhor oportunidade do Galo ao receber lançamento na grande área, obrigando a boa defesa do goleiro Douglas. Depois, Rodriguinho recebeu passe de Matheus Bahia e apareceu bem aos 43 dentro da área para cebear em direção ao gol, mandando a bola por cima. Nos acréscimos, os donos da casa que precisam da vitória para escapar do rebaixamento, pressionaram.

Segundo tempo do jogo do Galo hoje

A segunda etapa do confronto trouxe muito mais emoção em campo do que o primeiro, com ambas as equipes soltas e atacando muito mais do que no primeiro tempo. A primeira chance, logo com 1 minuto, saiu dos pés de Matheus Bahia, parando em Nathan.

Depois, Hulk respondeu para o Atlético mas foi detido pela zaga baiana. Zaracho e Arana também chegaram bem, mas foi o Bahia quem realmente assustou aos 10 minutos com Raí fazendo Everson trabalhar em defesa difícil.

Um minuto depois, os anfitriões bobearam e Hulk teve a oportunidade de bater falta. Em bomba, Rossi desviou a bola e concedeu o escanteio para os visitantes. Foi então que, aos 16 minutos, Luiz Otávio acertou as redes de Everton após lançamento na área.

Porém, mesmo com a marcação, os visitantes não se amedrontaram. Com a confiança, Gilberto conseguiu ampliar e marcar o segundo do Bahia em campo para colocar ainda mais fogo na partida. O Atlético, porém, teve um pênalti em seu favor aos 25 minutos depois que Sasha foi derrubado na área por Luiz Otávio, o mesmo que abriu o placar.

Hulk cobrou o pênalti e diminuiu o placar. Dois minutos depois, Keno, um dos melhores em campo pelo Galo, deixou tudo igual para colocar ainda mais fogo na disputa que vale o título.

Por fim, Keno mais uma vez foi o herói do confronto e, aos 32 minutos, marcou o terceiro do Atlético Mineiro em campo para carimbar o título. Em jogada de contra-ataque, o atacante ficou na boca do gol e acertou em cheio as redes de Douglas.

No finalzinho, foi a vez do Bahia fazer pressão total com o Galo e tentar quem sabe empatar. Everson brilhou com três defesas seguidas, mas não conseguiu mudar o placar do jogo. Com 3 a 2, em virada espetacular, o Atlético-MG é quem ganhou o  Brasileirão em 2021.

Qual o prêmio do Brasileirão 2021?

Além de faturar a taça mais desejada do futebol brasileiro e o título de campeão, o Atlético também leva para casa a bagatela no valor de R$33 milhões como recompensa por terminar em primeiro lugar na primeira divisão.

De acordo com os números divulgados pela CBF, cada equipe, entre o 1º até o 16º na tabela, garante ao fim do Brasileirão a recompensa referente ao seu desempenho na competição. Dessa maneira, se o elenco terminar entre as primeiras posições vai ganhar um alto valor mas, se acabar na parte de baixo, aí leva um número menor.

Os times que terminam 17º até o 20º não ganham o prêmio em dinheiro já que são rebaixados para a segunda divisão do futebol brasileiro.

Confira os valores referentes as posições da premiação do Brasileirão em 2021.

 

1º lugar – 33 milhões
2º lugar – 31,3 milhões
3º lugar – 29,7 milhões
4º lugar – 28 milhões
5º lugar – 26,4 milhões
6º lugar – 24,7 milhões
7º lugar – 23,1 milhões
8º lugar – 21,4 milhões
9º lugar – 19,8 milhões
10º lugar – 18,1 milhões
11º lugar – 15,5 milhões
12º lugar – 14,6 milhões
13º lugar – 13,7 milhões
14º lugar – 12,8 milhões
15º lugar – 11,9 milhões
16º lugar – 11 milhões

Quantos títulos tem o Galo?

O Atlético-MG é o maior campeão do Estadual de Minas Gerais, contabilizando 46 títulos em sua história. Em sua prateleira, estão também conquistas na Libertadores, Copa do Brasil e Recopa.

Além disso, o time mineiro conquistou em 1971 o primeiro título do Campeonato Brasileiro, mesmo ano em que a CBF considerou o torneio.

 

  • Libertadores – 1 título (2013)
  • Copa Conmebol – 2 títulos (1992 e 1997)
  • Recopa Sul-Americana – 1 título (2014)
  • Campeonato Brasileiro – 1 título (1971)
  • Campeonato Brasileiro Série B – 1 título (2006)
  • Copa do Brasil – 1 título (2014)
  • Copa dos Campeões do Brasil (1978)
  • Campeonato Mineiro – 46 títulos (1915, 1926, 1927, 1931, 1932, 1936, 1938, 1939, 1941,1942, 1946, 1947, 1949, 1950, 1952, 1953, 1954, 1955, 1956, 1958, 1962, 1963, 1970, 1976, 1978, 1979, 1980, 1981, 1982, 1983, 1985, 1986, 1988, 1989, 1991, 1995, 1999, 2000, 2007, 2010, 2012, 2013, 2015, 2017, 2020 e 2021)
  • Florida Cup – 1 título (2016)
  • Copa Centenário de BH – 1 título (1997)
  • Campeão do Gelo – 1 título (1937)
  • Taça Millenium – 1 título (1999)
  • Three Continent`s Cup – 1 título (1999)
  • Torneio de Cádiz – 1 título (1990)
  • Torneio de Berna – 1 título (1983)
  • Taça de Fenosa – 1 título (1976)
  • Taça de Vigo – 1 título (1977)
  • Torneio de Leon – 1 título(1972)
  • Copa de Amsterdan – 1 título (1984)
  • Torneio de Paris – 1 título (1982)
  • Torneio de Bilbao – 1 título (1982)
  • Torneio da Costa do Sol – 1 título (1980)
  • Copa dos Campeões Estaduais – 1 título (1937)

Relembre a conquista do Brasileirão em 1971 do Atlético

Em 1971, o Atlético de Minas surpreendeu e faturou a primeira taça da história do Campeonato Brasileiro, idealizado logo após a conquista do título do Brasil na Copa do Mundo em 1970, no México.

Os clubes brasileiros disputavam o Taça Brasil, a Taça de Prata e Roberto Gomes Pedrosa. No entanto, a Confederação Brasileira de Desportos, CBF ou antiga CBF, decidiu criar um único campeonato de maneira oficial para reúnir todos os times do país em busca do título.

O Galo participou do torneio sob o comando do técnico Telê Santana juntamente com outaras 19 equipes das mais variadas regiões, mas não era o favorito. Divididos em dois grupos de dez, os elencos disputaram treze rodadas e somente as seis primeiras colocadas avançavam até a próxima fase, onde eram divididas novamente por chaves, desta vez três.

Por fim, os três primeiros se classificavam até a fase final onde o elenco com o maior número de pontos tornaria-se o primeiro grande campeão do Brasileiro. O Atlético ganhou os dois jogos, superando Botafogo e São Paulo, garantindo também a primeira posição na classificação geral com 34 pontos e o passaporte para a Copa Libertadores de 1972.

Campeão brasileirão 2021
Campanha de 71 teve vantuir, dario e oldair. Foto: reprodução / arquivo atlético-mg / @atletico

 

Saiba quem são os maiores campeões do Brasileirão

Você pode gostar também