Rodinei no Inter: a expulsão de R$ 1 milhão no Brasileirão

Vitória daria título ao Internacional, mas equipe acabou levando a virada no confronto contra o Flamengo, logo após o lateral ser expulso.

O Flamengo venceu o Internacional por 2 a 1 neste domingo (21), em partida válida pela 37ª rodada do Brasileirão, e se aproximou do título do campeonato. No entanto, o jogo contou com um fato curioso. O lateral colorado, Rodinei, pertence ao time carioca, mas atualmente está emprestado ao clube gaúcho.

Para jogar a partida, o Inter precisava pagar o valor de R$ 1 milhão ao Rubro-negro, quantia quitada por um torcedor. No entanto, Rodinei acabou expulso no início do segundo tempo e a internet ‘bombou’ de memes.

Quem é o torcedor que doou R$ 1 milhão ao Inter?

Elusmar Maggi Scheffer. Este é o nome do torcedor que doou a quantia de R$ 1 milhão ao Inter para que o lateral Rodinei jogasse a partida. Residente em Cuiabá, no Mato Grosso, o Colorado é empresário e possui 530 mil hectares de terras cultivando algodão, soja, milho e reservadas à pecuária, com cerca de 130 mil cabeças de gado.

As famílias Scheffer e Maggi são donos do Grupo Scheffer, Grupo Bom Futuro e do Grupo Maggi, além de ser pioneira no agronegócio no Estado. O pai de Elusmar deixou o Rio Grande do Sul em 1964, quando primeiro se instalou no Paraná e depois chegou ao Centro-Oeste. Desde então, a quantia de propriedades rurais tornou o torcedor do Inter e seus irmãos os donos do “maior grupo agropecuário do mundo”, de acordo com reportagem do Globo Rural.

Elusmar é irmão mais novo de Eraí, considerado um dos maiores produtores de soja do país. A família ainda tem participação política e o primo de Elusmar, Blairo Maggi, é ex-governador e senador pelo Mato Grosso e ministro do governo Michel Temer.

- PUBLICIDADE -

Os irmãos também já foram investigados por participação no maior esquema de desmatamento da Amazônia. O fato ocorreu em 2016, na operação Rios Voadores, da Polícia Federal, Ministério Público Federal, Receita Federal e Ibama.

A doação do empresário ao Inter era para ser sigilosa. Entretanto, o contrato assinado por Elusmar e o presidente Alessandro Barcellos foi vazado nas redes sociais, e a notícia se espalhou.

Elusmar doou R$ 1 milhão ao Inter para escalar Rodinei, mas atleta foi expulso
Elusmar doou R$ 1 milhão ao Inter para escalar Rodinei, mas atleta foi expulso (Foto: Reprodução)
Leia também

Seleção do Brasileirão 2020: veja os melhores do ano

Classificação do Brasileirão: veja como ficou a tabela após…

Memes na internet com Rodinei expulso

Pertencente ao Flamengo, Rodinei está emprestado ao Internacional. No entanto, para jogar contra seu clube, o Flamengo impôs uma multa de R$ 1 milhão ao time gaúcho. O jogo poderia render o título ao Colorado, em caso de vitória, por isso a utilização de Rodinei era uma fator importante para que o clube conseguisse os três pontos.

Diante deste cenário, o clube já imaginava usar o lateral, mas com os altos valores, ainda não era certeza de que o atleta jogaria a partida. No entanto, com a doação de Elusmar, o clube confirmou a presença de Rodinei na “final” do Campeonato Brasileiro.

Entretanto, o lateral acabou sendo expulso no início do segundo tempo e o Internacional levou a virada diante do Flamengo. A equipe empatava fora de casa contra o Rubro-negro, mas  logo depois da expulsão , o time de Rogério Ceni virou o confronto e ainda assumiu a liderança do Brasileirão.

Conhecido como “homem do 1 milhão”, na internet os internautas não perdoaram a expulsão de Rodinei e vários memes do atleta viralizaram.

- PUBLICIDADE -

+ Flamengo vence Inter de virada e depende apenas de si para ser campeão

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes