5 jogadores brasileiros que se deram mal no futebol europeu

Eles tentaram, mas não tiveram sucesso jogando no continente europeu; saiba mais a respeito destes jogadores

O Brasil é, sem dúvidas, uma fábrica de jogadores de futebol. Em cada novo ano, as categorias de base dos clubes revelam novas promessas e, assim, eles brilham tanto no futebol nacional quanto internacional. Entretanto, muitas vezes, estes atletas ganham a oportunidade de jogar em países da Europa, principal destino, mas falham por diferentes motivos. A seguir, listamos nomes de jogadores brasileiros que fracassaram na Europa.

 

Renato Gaúcho em passagem pela Roma

O jogador gaúcho possuía uma estrela única no futebol brasileiro, conquistando Libertadores, Campeonatos Estaduais e Campeonatos Brasileiros enquanto jogava no Grêmio. Em 1988, juntamente com Andrade depois de uma breve passagem pelo Flamengo, foi contratado pela Roma.

Por apenas uma temporada, pouco entrou em campo, contabilizando segundo dados do site Transfermarket, 33 partidas e apenas 4 gols marcados. Além disso, a agitada vida noturna de Renato Gaúcho era um problema para a diretoria do clube italiano.

Hoje, como técnico aos 58 anos, Renato brinca sobre como os profissionais brasileiros ‘imitam’ as técnicas e maneiras de trabalho na Europa. Mas, como jogador, o fracasso é inegável.

Renato Gaúcho e o técnico Nils Liedhom (Créditos: Arquivos do Futebol / Pinterest)

Douglas já vestiu a camisa do Barcelona e Benfica na Europa

O jogador Douglas, de 33 anos, começou a sua carreira no Goiás. No entanto, foi no São Paulo em 2012 que ganhou notoriedade, somando um título da Sul-Americana, 92 jogos e apenas 4 gols.

Em 2014, o inesperado aconteceu. Douglas foi contratado pelo Barcelona ao comando do técnico Luís Enrique. No time catalão, o lateral jogou apenas 8 partidas em duas temporadas, mesmo acumulando troféus com o restante do elenco. Com o fim do contrato, foi emprestado para diferentes clubes como Real Sporting, Benfica e Sivasspor. Hoje, Douglas está no Besiktas.

Apresentação de Douglas no Barcelona (Miguel Ruiz – FC Barcelona)

Paulo Henrique Ganso teve passagem pelo Sevilla

Revelado pelo Santos, Ganso teve grande sucesso ao lado de Neymar na conquista da Libertadores e Copa do Brasil em 2010. Dois anos depois, o meia transferiu-se ao São Paulo, onde também teve grande êxito na carreira, mesmo com lesões.

Então, em 2016, Paulo Henrique chegou ao time espanhol Sevilla. No entanto, entrou em campo somente 28 vezes e atingindo a marca de 7 gols em Champions League, Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Supercopa. Hoje, o meia representa o Fluminense aos 31 anos.

Ganso em apresentação no Sevilla FC (Facebook Oficial Paulo Henrique Ganso / Divulgação)

Gabigol é um dos jogadores brasileiros na Europa que não deram certo

Um dos casos mais conhecidos é o de Gabriel Barbosa, ou Gabigol como é chamado. O atacante também foi relevado pelas categorias de base do Santos, ganhando a sua primeira chance em 2013, onde permaneceu com titularidade.

O jogador brasileiro chamou a atenção da Inter de Milão, que resolveu contratar o jovem em 2016. Entretanto, as promessas feitas não se realizaram, já que o atacante entrou em campo apenas 10 vezes, marcando um único gol no Campeonato Italiano. Sem espaço, transferiu-se por empréstimo ao Benfica, onde também não ganhou destaque, com 5 partidas e um gol.

No ano de 2018, Gabigol retornou ao Santos por empréstimo e, um ano depois, foi para o Flamengo onde segue até hoje como peça fundamental no elenco titular aos 24 anos.

Gabigol jogando pela Inter de Milão (Inter de Milão Oficial / @Inter_br)

Leandro Damião também tornou-se um jogador brasileiro que não deu certo na Europa

Outro caso de jogadores brasileiros que não deram certo na Europa que também marcou foi o de Leandro Damião, atacante de 31 anos.

Com uma passagem de sucesso pelo Internacional, Santos e Cruzeiro entre 2010 e 2015, Damião chamou a atenção de olheiros e foi emprestado pelo Santos ao Real Betis, da Espanha. Lá, quase não entrou em campo, contabilizando somente 3 jogos e nenhum gol. Meses depois, retornou ao time santista, onde voltou a fazer sucesso em campo.

Leandro Damião também conta com passagens por Flamengo e hoje defende o Kawasaki Frontale, no Japão.

Damião jogando pelo Betis, da Espanha, em 2016 (Real Betis Oficial / @RealBetis)

 

+ Quem é o dono do Manchester City? Conheça a história do sheik

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes