Veja como ficaram os grupos da Libertadores Feminina 2021

Competição terá a presença de três representares brasileiros: Ferroviária, atual campeã, Corinthians e Kindermann.

A Conmebol realizou nesta sexta-feira, 24 de setembro, o sorteio para definição dos grupos da Copa Libertadores da América Feminina 2021. Serão quatro chaves com quatro equipes em cada, totalizando então 16 times na competição. Brasil conta com a participação da Ferroviária, atual campeã, Corinthians e Kindermann.

Como ficaram os grupos da Libertadores feminina 2021?

As equipes brasileiras já conhecem seus adversários na fase de grupos da Libertadores. A Conmebol realizou o sorteio nesta sexta, 24, e Ferroviária, Corinthians e Kindermann estão em chaves diferentes. Isso porque, segundo o regulamento da competição, equipes do mesmo país não podem ficar no mesmo grupo.

Veja os grupos da Libertadores feminina 2021

A: Ferroviária, Sol de América ou Capiatá (Paraguai 2, à definir), Deportivo Cuenca (EQU) e Independiente Santa Fé (COL)

B: Cerro Porteño (PAR), Santiago Morning (CHI), Yaracuyanos (VEN) e Kindermann

C: Deportivo Cali (COL), Alianza Lima (PER), Bolívia 1 (à definir) e Universidad de Chile (CHI)

D: Corinthians, San Lorenzo (ARG), Nacional (URU), Sol de América ou Capiatá (Paraguai 3, à definir)

Grupos da libertadores feminina 2021
Grupos da libertadores feminina 2021 – foto: facebook/conmebol libertadores

Quando começa a competição?

A Conmebol havia programado o início da Libertadores Feminina 2021 para os dias 30 de setembro a 16 de outubro. No entanto, a entidade alterou o calendário e a competição agora está prevista para ocorrer entre os dias 03 de novembro a 21 do mesmo mês.

Diferentemente do masculino, o torneio entre as mulheres possui uma sede definida e um período de 15 a 20 dias para o campeonato então ocorrer. Entre os homens, a Libertadores começa em meados de fevereiro e termina apenas em novembro, mas com jogos divididos durante todo o ano.

Qual será a sede da Libertadores feminina 2021?

O Paraguai será a sede da próxima Libertadores de futebol feminino. No entanto, a grande final ocorre no Uruguai, no Estádio Gran Parque Central, localizado na cidade de Montevidéu.

À princípio, a Conmebol realizaria a competição no Chile, mas ao anunciar a mudança de datas, a Conmebol também comunicou sobre a alteração na sede.

Ferroviária é a atual campeã, mas busca novamente o título
Ferroviária é a atual campeã , mas busca novamente o título – foto: conmebol/divulgação

 

 

LEIA TAMBÉM

+ Libertadores feminina 2021: datas, como funciona e quem participa

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.