Pix para pagar jogos de loteria: saiba como funciona

Essa é mais uma ampliação do uso do novo meio de pagamentos instantâneos, dessa forma as lotéricas foram incluídas na lista de contas habilitadas para receber pagamentos do Pix.

É possível usar o Pix para pagar jogos de loteria. Isso porque o Banco Central (BC) permitiu que o sistema de pagamentos instantâneos seja usado em lotéricas. Conforme nota divulgada ontem (19) pela entidade, essa é mais uma ampliação de seu uso, dessa forma as lotéricas foram incluídas na lista de contas habilitadas para receber pagamentos do Pix.

Como usar o Pix para pagar jogos de loteria?

Então, quando alguém fizer um jogo lotérico terá a opção de pagá-lo com o Pix. Seja em  jogos da Sena ou de loteria esportiva, por exemplo. “A novidade atende à demanda do mercado que solicitava integração das lotéricas ao Pix, na qualidade de permissionárias da Caixa Econômica Federal” diz o Banco Central em nota à imprensa.

Nota-se que o Pix disponibiliza opções de pagamento por chaves de identificação, QR Code e por tecnologias de troca de informações por aproximação.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além disso, em comunicado do dia 13 de novembro, o BC informou que poderá ser usado para recolher o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), com o lançamento do FGTS Digital em 2021.

A entidade explica que as novas funcionalidades do Pix indicam as variadas utilidades desse sistema de pagamentos. “Isso significa que ele deve ser capaz de acomodar todos os tipos de transação de varejo, envolvendo pessoas, empresas e governo” afirma.

Como funciona o Pix?

O novo sistema de pagamentos instantâneos começou a funcionar na segunda-feira (16) para o público geral. É possível fazer transações a qualquer momento, o sistema está disponível 24h por dia, nos sete dias da semana. Além disso, as transações são gratuitas para pessoas físicas.

Os pagamentos do sistema Pix podem ser realizados de três formas:

  • Através de chaves ou apelidos para a identificação da conta;
  • Através de QR Code;
  • Por meio de tecnologias de troca de informações por aproximação, como a tecnologia near-field communication (NFC).

Essas transferências podem ser feitas entre pessoas físicas e para estabelecimentos comerciais. Bem como entre estabelecimentos, como é o caso de pagamentos de fornecedores. E até para transferências entre entes governamentais, para pagamentos de taxas e impostos, por exemplo.

 

Leia também:

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes