Louis Vuitton lança máscara de luxo com detalhes em ouro para proteger seus clientes

Louis Vuitton lança máscara de luxo com detalhes em ouro para proteger seus clientes do coronavírus. Segundo a marca, o objetivo é oferecer “proteção e elegância”.

0 200

A Louis Vuitton lança máscara de luxo para proteger seus clientes do coronavírus. Já que a pandemia não parece ter um fim à vista, a tendência do uso da proteção facial veio para ficar.

Porém, para algumas marcas, a proteção e a elegância podem caminhar juntas.

De acordo com um comunicado da grife francesa, o protetor facial de luxo da Louis Vuitton foi projetado para ser “estiloso e protetor”.

O “atraente” protetor muda de claro para escuro sob a luz do sol, protegendo os usuários dos raios UV. Ele também possui tachas douradas gravadas com a marca Louis Vuitton e uma faixa elástica com monograma. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além disso, você pode optar em colocar a viseira para cima como um clássico boné pontudo, de acordo com o rótulo.

O preço ainda não foi anunciado, mas como uma marca de moda sofisticada, provavelmente não será barato. Outros chapéus da Louis Vuitton, incluindo os óculos de sol,  possuem valores altos que equivalem a centenas de dólares.

Contudo, segundo a Vanity Fair, o preço poderá ser de $ 961. Mas, a divulgação dos valores ainda não aconteceu oficialmente.

As vendas do protetor facial acontecerá online e também em lojas selecionadas da Louis Vuitton a partir de 30 de outubro.

 

Louis Vuitton lança máscara de luxo
Imagem: Reprodução

Louis Vuitton lança máscara de luxo

Em abril, a Louis Vuitton se juntou ao esforço global para fabricar equipamentos de proteção individual para apoiar profissionais de saúde na linha de frente da pandemia.

A empresa disse que reaproveitou várias de suas oficinas em toda a França para “produzir centenas de milhares de máscaras não cirúrgicas” para profissionais de saúde.

A marca também disse que está doando milhares de aventais de hospital para seis hospitais de Paris que precisam urgentemente de equipamentos de proteção.

Contudo, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças não recomendam atualmente o uso de protetores faciais como substitutos das máscaras, pois não está claro qual o nível de proteção que eles fornecem.

Informar Erro
Fonte CNN

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes