Carteira recomendada tem ações do Petrobras, Vale, TIM e mais

Nas carteiras recomendadas desta semana destacam-se as ações da Minerva Foods, Petrobras, TIM, Vale e Via Varejo. Confira as recomendações de cinco corretoras separadas pelo Jornal DCI.

Nas carteiras recomendadas desta semana destacam-se ações do Minerva Foods, Petrobras, TIM, Vale e Via Varejo. Elas contaram com duas indicações dentre as carteiras semanais monitoradas.

A saber, as corretoras separadas são: Ativa Investimentos, Guide Investimentos, Mirae Asset, MyCap Investimentos e Terra Investimentos. Suas sugestões valem até o dia 25 de dezembro, sexta-feira.

Nesse sentido, uma carteira recomendada nada mais é do que um conjunto de ativos sugeridos para um investidor. Nas carteiras semanais de ações são indicados papéis considerados potenciais ao longo desse período.

Minerva Foods

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Ação da Minerva Foods está nas carteiras recomendadas da Ativa e MyCap Investimentos. Trata-se de uma das líderes na América do Sul na produção e comercialização de carne in natura e seus derivados, bem como de exportação de gado vivo. Atua também no processamento de carnes.

O relatório da MyCap indica que o ativo “segue com fundo montado no diário e chance de repique em suporte”. Ao passo que a Ativa afirma que “no gráfico semanal, ativo sai da congestão de curto prazo”.

Petrobras

Em seguida, os papéis da Petrobras foi recomendado pelas corretoras Mirae Asset e Guide Investimentos. A empresa estatal atua na exploração e produção de petróleo e gás.

O texto da Guide explica que a “Petrobras vem reposicionando seu portfólio em ativos de maior rentabilidade, com foco na desalavancagem financeira da estatal”. Ao passo que, no curto prazo o ativo deve permanecer em alta volatilidade.

A Mirae Asset aponto para a previsão do desempenho a médio prazo: “A nossa visão para a Petrobras é de uma profunda transformação no médio prazo, com a venda maciça de ativos que não fazem mais parte do planejamento estratégico e foco na aceleração da produção de petróleo no pré-sal e no fornecimento de gás para o que o governo chama de choque energético no país”.

TIM

Já ações da TIM foram indicadas pela Terra e MyCap Investimentos. A segunda maior operadora de celular do país fornece serviços de telefonia móvel, fixa e acesso à internet via celular.

“Segue com tendência de alta engatilhada no diário e tem topo para romper nos 14,50, ponto que vinga rali de alta” diz relatório da MyCap sobre desempenho do ativo.

Vale

A Vale está nas carteiras semanais de ações da Mirae Asset e Guide Investimentos. Trata-se de uma das maiores empresas de mineração do mundo, bem como a maior produtora de minério de ferro, pelotas e níquel.

Para o curto prazo a corretora Guide afirma que “os papéis da mineradora devem continuar voláteis, reflexo do fluxo de notícias negativas em torno da empresa dados os danos de imagem à companhia e provisões para pagamento de multas e indenizações”.

A Mirae Asset ressalta que os resultados da empresa para o terceiro trimestre de 2020 superou as expectativas e que ela será uma boa pagadora de dividendos.

Via Varejo

Papéis da Via Varejo fazem parte das carteiras recomendadas da MyCap e da Terra Investimentos. A empresa administra as Casas Bahia e o Pontofrio, duas varejistas brasileiras do ramo de eletroeletrônicos e móveis. Assim como, é responsável pela fábrica de móveis Bartira e pela plataforma de e-commerce do Extra.

O relatório da MyCap destaca que: “papel segue em região de forte suporte e sugere ponto de compra na região”.

WEG

As ações da WEG foram indicadas pela Guide e MyCap Investimentos. A empresa atua na fabricação e comercialização de motores elétricos, transformadores, geradores e tintas.

A Guide justifica sua recomendação dizendo que “a empresa tem mostrado boa performance dentro do setor industrial nos últimos anos. Sua receita tem sido beneficiada pela depreciação do real, que segue crescendo como reflexo do cenário externo frente ao coronavírus.”

Veja então as carteiras recomendadas das cinco corretoras monitoradas. Bem como, suas modificações.

Mercado de ações
(Foto: Freepik/reprodução)

Ativa Investimentos

Em princípio, a carteira recomendada da Ativa Investimentos teve quatro mudanças. Retirou papéis da Sabesp, Le Lis Blanc, Smiles e RaiaDrogasil. Ao passo que, inseriu Minerva, Banco BMG, Energisa e Vivara.

  • Minerva Foods (BEEF3)
  • Banco BMG (BMGB4)
  • Energisa (ENGI11)
  • Ultrapar (UGPA3)
  • Vivara (VIVA3)

Guide Investimentos

Em seguida, a Guide Investimentos realizou três modificações. Excluiu ações da Banrisul, CCR e Iguatemi. E adicionou ETF S&P 500 Index, Vale e Weg.

  • CVC (CVCB3)
  • ETF S&P 500 Index (IVVB11)
  • Petrobras (PETR4)
  • Vale (VALE3)
  • WEG (WEGE3)

Mirae Asset

Já a Mirae Asset excluiu ativos do BRF, JHSF e Via Varejo. E incluiu Magazine Luiza, Usiminas e Klabin.

  • Banco do Brasil (BBAS3)
  • Bradesco (BBDC4)
  • Cosan (CSAN3)
  • Gerdau (GGBR4)
  • Klabin (KLBN11)
  • Magazine Luiza (MGLU3)
  • Petrobras (PETR4)
  • Randon (RAPT4)
  • Usiminas (USIM5)
  • Vale (VALE3)

MyCap Investimentos

A MyCap mudou toda a carteira recomendada, “pois todas cumpriram objetivos”, diz em relatório. Veja nova composição:

  • Via Varejo (VVAR3)
  • Minerva Foods (BEEF3)
  • EcoRodovias (ECOR3)
  • WEG (WEGE3)
  • TIM (TIMS3)

Terra Investimentos

Por fim, a carteira recomendada da Terra Investimentos excluiu ação da Gerdau e inseriu B3.

  • Marfrig (MRFG3)
  • B3 (B3SA3)
  • Itaúsa (ITSA4)
  • Via Varejo (VVAR3)
  • TIM (TIMP3)

 

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes