Bruno Covas, do PSDB, é reeleito prefeito de São Paulo

Bruno Covas, do PSDB, foi reeleito neste domingo (29) prefeito de São Paulo para os próximos quatro anos.

Bruno Covas, do PSDB, foi reeleito neste domingo (29) prefeito de São Paulo para os próximos quatro anos. O vice de Covas é o atual vereador Ricardo Nunes (MDB). Ao final da apuração, o tucano teve 59,38% dos votos válidos. Ele vai tomar posse em 1º de janeiro de 2020.

Já Guilherme Boulos (PSOL) teve 40,62% dos votos válidos.

 

Bruno Covas é reeleito São Paulo

Bruno Covas nasceu na cidade de Santos em 1980, e em 1995 mudou-se para São Paulo, onde estudou no colégio Bandeirantes. É formado em direito pela Universidade de São Paulo e em economia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Logo em 1998 já se filiou ao PSDB, partido que permanece até hoje, e não saiu da vida política.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Em outubro de 2016 foi eleito vice-prefeito da cidade de São Paulo, na chapa de João Doria. Como Dória renunciou para se candidatar ao governo do estado, Covas assumiu, portanto, a prefeitura da capital em 2018.

Durante o tempo que ficou como prefeito, Covas enfrentou a crise de saúde e econômica do coronavírus. Por isso, o candidato aplicou medidas de prevenção e proteção contra o novo vírus. Covas manteve uma quarentena de aproximadamente três meses na capital paulista e em junho começou as flexibilizações na cidade.

Propostas para São Paulo

Conhecido por querer implementar, nas represas da cidade, o transporte em barcos integrado ao Bilhete Único, Covas tem um plano com 46 páginas e 10 eixos diferentes. Em um deles, ele fala em fazer com que cada macrorregião da cidade tenha uma área aberta durante 24 horas a fim de estimular a atividade noturna.

Segundo seu projeto, o objetivo de Covas é levar a cidade de São Paulo a um novo patamar de desenvolvimento social, econômico e urbano. Tem um programa de proteção para garantir o futuro de crianças e adolescentes. Pretende ampliar a rede de saúde pública. Além de buscar reverter as desigualdades sociais e aumentar o crescimento econômico em São Paulo. Seu projeto conta com melhorias na infraestrutura urbana também. Além disso, quer a diminuição do peso do estado, com privatizações. Além disso, também pretende facilitar a vida de quem quer empreender na cidade.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes