Eleições 2020: máscara, caneta e horário: confira as regras para votar

Com a pandemia da Covid-19, o Tribunal Superior Eleitoral teve de se adaptar a algumas regrinhas para oferecer segurança aos eleitores brasileiros

A pandemia do novo coronavírus mudou algumas regrinhas básicas que o eleitor deve saber para o dia da votação. O uso da máscara virou acessório obrigatório em todos os lugares e, nas Eleições 2020, não poderia ser diferente.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), além da máscara o eleitor deve comparecer à seção eleitoral com uma caneta para poder assinar a ficha de votação e poder evitar assim, o compartilhamento de objetos com outras pessoas.

Outro protocolo recomendado está em o eleitor esticar o braço para exibir seu documento e se o mesário tiver dúvidas da identificação, ele está autorizado a pedir ao votante que afaste a máscara para confirmação da documentação. Todos estes procedimentos são garantidos por lei e estão acordados com as medidas protetivas impostas pelas Vigilância Sanitária.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Confira agora os horários que fazem parte das novas regras das Eleições 2020

Pensando em diminuir o risco de aglomeração, o TSE aumentou em uma hora o período de votação nas Eleições 2020. No domingo (15), o eleitor poderá votar a partir das 7 horas da manhã até as 17 horas. Idosos terão preferência das 7h às 10h.

Lembrando que além do uso da máscara e caneta nas Eleições 2020, o eleitor pode ficar seguro que todas as seções terão álcool 70% para higienização das mãos antes e depois da votação, marcações alertando o distanciamento social e fiscais eleitorais orientando a população.

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes