Eleições Macapá: eleitores vão às urnas neste domingo

Por conta do apagão que ocorreu no estado do Amapá, o dia de votação na capital teve de ser adiado e o segundo turno acontece hoje (20).

No domingo (20) acontece o segundo turno das eleições municipais em Macapá, que foram adiadas por conta do apagão que tomou conta do estado do Amapá no mês passado.  292,7 mil eleitores estão aptos ao voto e podem comparecer a 703 seções eleitorais.

Quem está na disputa? Eleições Macapá

Estão na disputa pelo cargo do executivo na capital amapaense o empresário e jornalista Josiel (DEM) e o médico e deputado estadual Dr. Furlan (Cidadania). No 1º turno, no dia 6, Josiel teve 29,47% dos votos válidos e Dr. Furlan ficou com 16,03%.

No 1º turno, a abstenção bateu recorde e ficou em 25,81%, com 75,5 mil eleitores que não votaram. Foi o maior número de ausências já registrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na capital do Amapá.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Segundo turno Eleições Macapá

Eleições Macapá
Foto: Governo de Santa Catarina

Assim como ocorreu nos outros municípios brasileiros no dia 29 de novembro, os horários do segundo turno em Macapá seguem os mesmos. Os eleitores devem comparecer às urnas neste domingo (20) das 7h às 17h, lembrando que as três primeiras horas são preferencias aos cidadãos com mais de 60 anos.

Não é preciso levar o título impresso em mãos, basta estar com um documento oficial com foto, que pode ser o passaporte, RG, carteira de trabalho ou CNH. O aplicativo e-Título também é uma opção na hora de votar.

Não há restrição de vestimentas, o eleitor pode comparecer de shorts, bermuda, boné, chinelo e até mesmo descalço.

Além disso, para garantir o transporte até os locais de votação, os ônibus vão circular das 6h às 0h, cobrando tarifa social no valor de R$ 1,85.

Segurança

Por conta da pandemia da COVID-19, algumas medidas de segurança sanitária foram impostas aos eleitores e mesários nas eleições.

É obrigatório o uso de mascaras, na hora de votar é preciso higienizar as mãos, antes e depois de ir à urna e manter distancia de um metro entre as pessoas.  O TSE recomenda que os eleitores levem sua própria caneta na hora de assinar.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes