Quem é João Campos? Veja a trajetória do prefeito eleito mais jovem do Brasil

Aos 27 anos, João Campos (PSB) é o prefeito mais novo eleito numa capital brasileira. Ele carrega o legado do pai, Eduardo Campos e dos avós Ana Arraes e Miguel Arraes, ex-governador de Pernambuco

Aos 27 anos, João Henrique de Andrade Lima Campos, mais conhecido como João Campos é eleito prefeito do Recife nas Eleições 2020, pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) com 56,27% dos votos válidos, ou seja, 447.913 recifenses depositaram nele a confiança de administrar a prefeitura.

A vitória só se concretizou após a disputa entre a prima de segundo grau, Marília Arraes (PT) que também concorreu ao pleito e ficou com 43,73% dos votos válidos.

Família de João Campos

Filho do ex-ministro e ex-candidato a presidência pelo PSB nas Eleições 2014, Eduardo Campos – morto em acidente de avião quando fazia campanha presidencial, e de Renata Campos, que também é economista formada pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e auditora do Tribunal de Contas do Estado do Pernambuco (TCE-PE).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

João Campos tem outros quatro irmãos: Maria Eduarda, Pedro, José e Miguel que tinha meses quando o pai morreu.

Quem é João Campos? O prefeito eleito mais jovem do Brasil
João Campos junto dos pais, Eduardo Campos e Renata Campos e dos quatro irmãos, Maria Eduarda, José, Pedro e Miguel (Foto: Reprodução/Facebook)

O mais novo prefeito eleito do Brasil, João Campos tem um pé na política há muito tempo. Além do pai, que era um economista político, a raiz vai além. João é bisneto do ex-governador do Pernambuco, Miguel Arraes e neto da ex-deputada federal Ana Arraes, que também é ministra do Tribunal de Contas da União (TCU). A continuidade do legado político do bisavô é nítida quando o atual prefeito fala.

Acidente do pai – Eduardo Campos

Eduardo Henrique Accioly Campos, conhecido como Eduardo Campos morreu em 13 de agosto de 2014, num grave acidente aéreo em Santos (SP). Ele estava em vantagem na disputa eleitoral contra a presidente Dilma Roussef (PT) e Aécio Neves (PSDB).

Sua militância política começou bem antes, em 1986, quando se tornou presidente do Diretório Acadêmico na UFPE, onde cursava Economia.

No mesmo ano, participou da campanha à reeleição de Miguel Arraes, seu avô, ao governo de Pernambuco, tornando-se seu chefe de gabinete. Somente em 1990 ele filia-se ao PSB e é eleito deputado estadual. Em 1994 chega ao Congresso Nacional e recebe o cargo de secretário do governo e da Fazenda. Em 1998 é reeleito como deputado federal mais votado daquele Estado.

Seu terceiro mandato como deputado veio em 2002, quando se tornou um dos principais articuladores do governo Luiz Inácio Lula da Silva. No ano seguinte, se torna Ministro de Ciência e Tecnologia do governo Lula.

Em 2005, chegou à presidência nacional do PSB. Em 2006 é eleito governador com altos índices de popularidade, o qual permite conquistar a reeleição ainda no primeiro turno das Eleições 2010. Em 2014, lançou-se candidato à Presidência pelo PSB, mas foi interrompida pelo acidente aéreo citado acima.

Histórico Escolar

João formou-se em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) em 2016, tendo iniciado o curso com apenas 17 anos — ele foi aprovado na graduação, ainda no segundo ano do Ensino Médio.

Vida Política de João Campos

2014/2015

Na mesma época em que o pai concorria a disputa presidencial, o atual prefeito de Recife, João Campos foi eleito secretário de Organização Estadual do PSB, onde percorreu o interior pernambucano fazendo encontros do partido. Assim como o pai, João também ingressou na carreira política aos 21 anos.

2016

Mais tarde, em 2016, João se torna chefe de gabinete do Governo de Pernambuco, durante o mandato de Paulo Câmara, também do PSB.

2018

João Campos se torna eleito vice-presidente nacional de Relações Federativas no XIV Congresso Nacional do Partido Socialista Brasileiro. E, no mesmo ano, João tenta, pela primeira vez, uma vaga na Câmara Federal, obtendo mais de 460 mil votos e sendo o candidato mais votado da história de Pernambuco.

O legado dos avós não foi em vão. Ana Arraes também foi a candidata a deputada federal mais eleita nas Eleições 2010, com 387 mil votos e seu bisavô, Miguel Arraes, nas Eleições 1990 foi o mais votado com 340 mil votos.

Como deputado, João Campos se torna o vice-líder do PSB na Câmara.

2020 – João Campos

É eleito o prefeito mais novo de uma capital do Brasil.

Ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o prefeito eleito declarou um patrimônio de R$ 242.769,80.

Namorada de João Campos

Quem é João Campos? O Prefeito eleito mais jovem do Brasil
João e a namorada Tabata Amaral, que é deputada federal pelo PDT-SP. (Foto: Reprodução/Instagram)

O prefeito eleito João Campos namora há mais de um ano a deputada federal pelo PDT-SP, Tabata Amaral. Ela que é cientista política e ativista pela educação brasileira, ficou em sexto lugar nas Eleições 2018, obtendo um total de 450 mil votos.

No segundo turno das Eleições 2020, a deputada se dividiu entre São Paulo/Pernambuco para poder exercer a democracia e acompanhar a apuração ao lado do namorado.

Assumidamente, Tabata demonstrou em suas redes sociais o apoio ao candidato à prefeitura de São Paulo do PSOL, Guilherme Boulos.

Alianças Políticas

Logo após ser eleito o prefeito mais jovem do Brasil, João Campos afirmou em entrevista que não terá indicação política do Partido dos Trabalhadores (PT) em sua gestão. O PT é a sigla de sua concorrente e prima Marília Arraes, também deputada federal pelo Pernambuco.

Ele também disse que não recebeu nenhum apoio do presidente Jair Bolsonaro mas que dialogará com o Congresso e governo federal, a fim de desenvolver melhorias na cidade. “Não teremos nenhuma dificuldade em dialogar, é importante fazer projetos bem feitos, um diálogo institucional entre a Prefeitura do Recife, o governo federal, os ministérios, para poder mostrar que é possível, sim, fazer parcerias, porque quem precisa são as pessoas que moram na cidade”, afirmou.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes