10 benefícios do Óleo de Prímula e Como Usar

Descubra tudo que o óleo de prímula pode fazer pela sua saúde – não é pouca coisa! – e como usá-lo de forma adequada

O óleo de prímula é extraído das sementes de uma delicada flor que abre ao anoitecer e oferece benefícios maravilhosos tanto para a aromaterapia quanto para a saúde.

O óleo de prímula pode ser tomado como suplemento ou aplicado direto na região a ser tratada e pode ser usado em uma grande variedade de tratamentos!

Como funciona o Óleo de Prímula?

 

O óleo de prímula é rico em AGL (ácido gama-linolênico), um tipo de ácido graxo ômega 6. Primeiramente, quando consumido, o AGL é convertido em compostos semelhantes a hormônios chamados prostaglandinas, que regulam muitas das funções corporais.

O nosso corpo produz muitos tipos de prostaglandinas que agem de diferentes formas nos processos inflamatórios: algumas os potencializam, outras os reduzem.

O AGL se transforma prostaglandinas “do bem”, que combatem as inflamações e oferecem muitos efeitos terapêuticos ao nosso corpo.

 

10 benefícios do Óleo de Prímula

1.Tratar a acne

 

Em primeiro lugar, um dos benefícios do óleo de prímula que faz o maior sucesso. Isso porque esse óleo vegetal ajud  a controlar a incômoda acne, melhorando o aspecto da sua pele.

Já foi comprovado em estudos que  a suplementação do ácido graxo presente no óleo de prímula é capaz de reduzir o problema graças à sua ação antiinflamatória.

Da mesma forma, a redução também pode ter a ver com à ação reguladora do óleo de prímula sobre os níveis do hormônio estrogênio.

2. Prevenir a Tensão Pré-Menstrual (TPM)

 

Apesar da escassez de trabalhos científicos mais robustos a respeitos, existem evidências dos benefícios do óleo de prímula para mulheres que sofrem com TPM.

Isso porque as prostaglandinas “do bem” do óleo de prímula bloqueiam as prostaglandinas inflamatórias que causam as cólicas menstruais.

Logo, os desagradáveis sintomas sentidos por algumas mulheres mês a mês se tornam mais suaves com a ingestão frequente de óleo de prímula.

Além disso, ele ajuda a aliviar a sensibilidade da mama característica do período pré-menstrual.

 

3. Suavizar os efeitos da menopausa

 

Na menopausa, o consumo de óleo de prímula diminui a incidência dos calores noturnos. Além isso, o ácido graxo colabora para a absorção de cálcio pelo intestino, aumentando assim, sua deposição nos ossos.

4. Melhorar a saúde da pele em geral

 

Este estudo de 2005 comprovou que a suplementação oral do óleo tornava a pele mais macia e melhorava:

  • elasticidade
  • umectação
  • firmeza
  • resistência à fadiga

Os pesquisadores concluíram que isso seria pela necessidade que a pele tem de AGL e de sua incapacidade de produzi-lo sozinha.

Ora, o óleo de prímula é rico em AGL do qual a sua pele tanto precisa! Assim, seus efeitos no aspecto geral da pele são extremamente positivos.

5. Controlar a hiperatividade infantil

 

Os cuidados com a alimentação são muito importantes para as crianças com hiperatividade! Uma das recomenDAções médicas é que se capriche na ingestão dos ácidos graxos ômega 6 e 3.

Riquíssimo em ômega 6, o óleo de prímula é uma boa fonte desse nutriente para os pequenos.

Assim, pode oferecer significativos benefícios comportamentais, é que diz a nutricionista Joselem Salgado, professora da ESALQ/USP em artigo do Jornal da Orla.

6. Melhorar a saúde do coração

Um estudo de 2014 demonstrou que o consumo de óleo de prímula reduz colesterol e otimiza a recuperação de problemas cardíacos.

Isso talvez tenha a ver, mais uma vez, com a ação antiinflamatória de seus ácidos graxos.

7. Tratar a neuropatia diabética

 

A neuropatia diabética é um efeito colateral bastante comum e bastante incômodo da diabetes. Experimentos demonstram que o consumo de óleo de prímula pode ajudar a lidar com esse transtorno, aliviando sintomas:

  • sensação quente e fria
  • dormência
  • formigamento
  • fraqueza

8. Reduzir quadros de enxaqueca em mulheres

 

Você sabia que a enxaqueca é um mal mais comum entre mulheres do que homens? Ou seja, existe uma fonte para esse problema exclusivamente feminina. Não é díficil imaginar que isso tenha a ver com os ciclos me

Em síntese, isso se relaciona a quedas no nível do hormônio estrogênio no organismo é um gatilho fortíssimo para a enxaqueca.

Como um regulador natural dos níveis hormonais, o óleo de prímula é recomendado por alguns endocrinologistas como um tratamento auxiliar para este mal.

9. Reduzir a queda de cabelo

 

A queda de cabelo também poe estar relacionada à questões hormonais, sabia? Dessa forma, o óleo de prímula pode ser muito efetivo no seu tratamento.

Também existem pesquisas conectando o ácido araquidônico, presente no óleo de prímula, tanto ao crescimento o cabelo existente quanto ao surgimento de novos cabelos.

10. Aliviar as dores da artrite

 

A artrite é uma doença degenerativa que impõe dores terríveis aos que dela sofrem. Mas, mais uma vez, temos boas notícias!

Este estudo de 2011 demonstrou que o consumo de óleo de prímula é capaz de reduzir as dores causadas pela artrite sem provocar nenhum efeito colateral nos pacientes.

 

Como usar da forma correta para obter todos os benefícios do óleo de prímula

benefícios do óleo de prímula para a saúde

Primeiramente, o óleo de prímula costuma ter efeitos mais significativos com o tempo. Assim, deve ser usado como um tratamento e não como um remédio para o momento do incômodo.

Pode ser recomendado tomar 1 g de óleo de prímula por 60 dias e a partir do 61ª dia, tomar apenas 500 mg por dia durante 10 dias que antecedem a menstruação, por exemplo.

Mas alguns estudos chegam a utilizar doses de até 6g por dia para obter os efeitos desejados no organismo dos pacientes.

O óleo de prímula não possui muitas contra-indicações: a não ser que você seja alérgico à planta, ele é seguro.

Porém, até mesmo para saber exatamente que quantidade dele você precisa consumir para ter resultado  no tratamento, o ideal é ter a orientação do seu médico.

Informar Erro

- continue lendo -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes