Água morna com limão: 4 motivos para aderir ao ritual matutino

A água morna com limão está no hall das ações muito simples que ajudam a garantir saúde. Reservar cinco minutos para a prática, que além de simples e também é barata, pode render ótimos resultados.

0 481

Quem nunca ouvir falar de alguém que toma água morna com limão em jejum, não é mesmo? O hábito está altamente relacionado com saúde e bem-estar e não é à toa. Na bebida, temos a união de duas coisas que são praticamente unanimidades para a saúde: a água morna e o limão.

Segundo o médico ayurvédico Matheus Macêdo, “a água quente é o jeito de consumo de líquidos mais recomendados na medicina ayurvédica. A água morna estimula a digestão e ativa o seu metabolismo”. Principalmente no desjejum, os líquidos devem ser ingeridos, preferencialmente, mornos ou em temperatura ambiente.

Já o limão é a fruta queridinha do bem-estar: cítrico, rico em potássio, cálcio, fósforo, vitamina C, magnésio; também é antioxidante e protege as células de radicais livres; auxilia na liberação de toxinas no processo digestivo, ajudando a manter o pH sanguíneo do corpo.

rodelas de limão em um pires branco
Foto: Unsplash

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Mas o que seria pH? O pH mede o grau de acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma determinação solução. Essa fruta, portanto, tem o poder de alcalinizar o sangue, apesar de conter ácido cítrico. E um corpo alcalino é mais saudável e resistente às doenças.

Como preparar a bebida?

A receita é simples: basta adicionar dez gotas de limão em uma xícara de chá de água morna. A ideia é que fique mais para água morna do que chá de limão, ou seja, bem suave na quantidade da fruta. E vale qualquer tipo de limão: taiti, siciliano, rosa…

Quando e como tomar água morna com limão?

A água com limão deve ser ingerida pela manhã e em jejum, cerca de 30 minutos antes do café da manhã.

limão imerso em água
Foto: Unsplash

Benefícios

1. Digestão:

Como falamos acima, a água morna ajuda na digestão: estimulam o trato gastrointestinal e o peristaltismo – as ondas de contrações musculares dentro das paredes intestinais que mantém as coisas em movimento. Limões e limas são também ricos em minerais e vitaminas que ajudam a liberar toxinas do trato digestivo.

2. Equilíbrio do pH:

Limões são um alimento extremamente alcalino, acredite ou não. Sim, eles são ácidos por conta própria, mas dentro de nossos corpos são alcalinos (o ácido cítrico não cria acidez no corpo uma vez metabolizada). E um corpo alcalino é a verdadeira chave para uma boa saúde.

3. Estimula o sistema imunológico:

Limões são ricos em vitamina C e potássio. A vitamina C é ótima contra gripes e o potássio estimula o funcionamento do cérebro e dos nervos, ajudando também a controlar a pressão arterial.

4. Age como um diurético natural suave:

O suco de limão ajuda a expulsar materiais indesejados porque limões aumentam a taxa de produção de urina no corpo. As toxinas são, portanto, liberadas em uma taxa mais rápida, ajudando a manter o trato urinário saudável.

Importante ressaltar que especialistas não orientam a água morna com limão para emagrecimento, mas sim como uma forma de saúde preventiva. A água com limão também não é orientada para pessoas que tem acometimento de fígado.

Contraindicação

Algumas pessoas têm sensibilidade ao ácido cítrico, podendo ter dor de cabeça, alteração na pele ou queixas gástricas. Neste caso, a bebida não é indicada. Por isso, deve-se sempre consultar um profissional antes de consumi-la.

 

 

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes