Carteira digital do SUS: saiba como fazer o cartão

Com o calendário de vacinação contra a Covid-19 definido em muitos estados do país, carteira digital do SUS deve ajudar o controle de dosagens da vacina.

O aplicativo Conecte SUS Cidadão, também conhecido como carteira digital do sistema público de saúde, terá um grande papel para a fase de vacinação contra a Covid-19 no país. Os brasileiros poderão acompanhar o calendário de dosagens da vacina CoronaVac ou a de Oxford/AstraZeneca, de uma forma rápida e prática.

É isso que prometeu o ministro da Saúde Eduardo Pazuello na semana passada. Antes mesmo do início da vacinação que começa nos estados de São Paulo, em Minas Gerais e Rio de Janeiro, a partir de terça-feira (19), Pazuello afirmou que as melhorias no aplicativo do SUS vão permitir o monitoramento das doses das vacinas.

“Vai garantir maior segurança à população imunizada”, completou o ministro através de uma nota oficial. Com isso, o acesso à carteira de vacinação contra a Covid-19 será por meio da carteira digital do SUS.

SUS
O SUS é integral, igualitário e universal, ou seja, não faz, e nem deve fazer qualquer distinção entre os usuários. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Como fazer cartão digital do SUS?

Para quem já é cadastrado no SUS, é possível acessar a carteira digital através do próprio celular. Basta baixar o aplicativo Conecte SUS no celular para acessar as informações sobre atendimentos, exames, consultas, certificados de vacinação e medicamentos retirados na farmácia. É acessível por qualquer dispositivo com internet, utilizando o login único gov.br. Veja abaixo como baixar:

  1. Vá até o Play Store ou App Store;
  2. Digite “Conecte SUS”. O APP é fornecido pelo DATASUS-Ministério da Saúde;
  3. Clique em Instalar;
  4. Abra o aplicativo e faça seu cadastro informando seus dados como CPF ou o número da carteira;
  5. Navegue pelo aplicativo e acesse as informações desejadas.

A carteira digital substitui a física?

- PUBLICIDADE -

Com a carteira virtual, que pode ser acessada ou emitida através do aplicativo Conecte Sus (por meio de um QRcode), ela passa a valer como o cartão do SUS, como se fosse o físico.  Portanto, fica a critério de quem deseja utilizar a física ou a virtual, ambas possuem a mesma validade.

Leia também

Mulheres grávidas vão poder se voluntariar para testes da…

Saiba como funciona a vacina da Pfizer e BioNTech contra…

Devo usar o CPF ou a carteira digital do SUS?

Para ser vacinado não é preciso ser cadastro no SUS, entretanto, além de ser gratuito, permite acessar a carteira digital que incluí as informações de vacinação. Na opinião de Jacson Venâncio de Barros, diretor do Departamento de Informática do SUS,  os dois métodos são garantias securitárias para a população.

“É importante que todos contribuam com essas informações. Hoje, nós temos uma, duas, três vacinas possíveis a serem aplicadas. E quando tiver três, quatro ou 10? Se nós não tivermos o controle o paciente pode tomar a vacina de uma dose tipo A e nós temos que evitar que ele tome uma segunda dose da vacina B”, explicou.

Cartão do SUS
(Foto: Reprodução)

Vacinação contra a Covid-19

O governo federal apresentou plano de imunização que irá começar oficialmente na terça-feira (18) em todo país. No estado de São Paulo o plano de vacinação deve ter início para a população no dia 25 de janeiro. Neste primeiro momento, a vacina da CoronaVac será distribuída somente pelo SUS.

- PUBLICIDADE -

Profissionais de saúde e indígenas já estão sendo imunizados nesta segunda (18). O próximo grupo que irá iniciar a vacinação serão as pessoas acima de 75 anos, em seguida, respectivamente, 70 a 74 anos, 65 e 69 anos, 60 a 64 anos a partir de 1º de março. A segunda dose é aplicada 21 dias após a primeira.

Os hospitais e as clínicas privadas ainda não possuem uma data para receber as vacinas, mas, em contrapartida, o Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo acionou o governador João Doria e o secretário da saúde, Jean Gorinchteyn, para oferecer ajuda na campanha de vacinação articulada pelo SUS.

Vacinação do Estado de São Paulo fornecida pelo SUS

(Foto: Governo de São Paulo/Divulgação)

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes