Governo libera R$ 20 bilhões para vacinação contra Covid-19

Medida Provisória foi assinada hoje; recursos repassados pelo governo Bolsonaro serão usados para a compra de imunizantes, inclusive a Coronavac.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) assinou na manhã desta quinta-feira (17) a medida provisória que libera crédito de R$ 20 bilhões para a vacinação contra a Covid-19 no Brasil.

Vacinação contra Covid-19

Os recursos devem ser usados para comprar imunizantes para além do contrato já feito com a AstraZeneca, na parceria com a Fundação Osvaldo Cruz. Entre eles, os medicamentos da Pfizer, com quem o governo negocia a aquisição de 70 milhões de doses.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A MP, anunciada pelo governo na semana passada, foi assinada durante a cerimônia de posse de Gilson Machado como novo ministro do Turismo

Bolsonaro e Coronavac

Após desentendimentos com o governo do Estado de São Paulo, o governo resolveu, através do Ministério da Saúde, negociar com o Instituto Butantan para a compra de 46 milhões de doses da vacina chinesa Coronavac.

O imunizante contra o coronavírus, que é desenvolvido pelo Butantan em parceria com o laboratório Sinovac, da China, já motivou atritos públicos entre o presidente e o governador de SP, João Doria (PSDB).

Segundo informações da colunista do UOL, Carla Araújo, ainda nessa semana deve ser assinado um memorando de intenções, documento desejado por Dória, para a compra das doses.

Auxiliares do governo Bolsonaro confirmam a decisão e a reafirmam que todas as vacinas que tiverem memorando de intenção, “depois de registradas”, serão compradas pelo governo.

Foi nesta semana também que o governo federal divulgou nova versão do Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19 e onde incluiu todas as vacinas, inclusive a Coronavac.

Segundo a nova versão do Plano Nacional de Imunização, grupos de maior risco e de maior exposição estariam vacinados ainda no primeiro semestre de 2021.  Brasileiros estão ansiosos com a vacinação. Vale ressaltar que, com o repique da Covid-19 no país, a doença computou mais de 181 mil mortes.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes