Não faz parte do grupo de risco? Veja qual seu lugar na fila de vacinação

Questionamento está entre as principais dúvidas dos brasileiros. Entenda a ordem de prioridade na fila da vacinação do Brasil, de acordo com a Campanha Nacional de Imunização do governo federal.

“Qual é meu lugar na fila de vacinação?”, com certeza esta é uma pergunta que está sendo feita por milhares de brasileiros e brasileiras nesta segunda-feira (18), dia em que começou oficialmente a campanha de imunização contra a Covid-19 no Brasil.

A verdade é que até o momento não há respostas exatas e precisas sobre o lugar na fila, mas é possível ter uma previsão de acordo com o calendário divulgado pelo governo federal, que afirmou que a Campanha Nacional de Vacinação irá respeitar fases de acordo com os grupos de risco, faixas etárias e profissionais.

Confira abaixo quais deverão ser as ordens seguidas pelos governos estaduais nos próximos meses:

vacina covid-19 indígena
Vacinação contra a Covid-19 começou ontem (17) no Brasil (Foto: Reprodução Instagram @governosp)

Quem está na fila de vacinação – Fase 1

Esta fase foi iniciada nesta segunda-feira (18), mas ainda como experimentação.  As primeiras vacinas aplicadas até o momento foram destinadas para os profissionais da saúde e indígenas. O imunizante do Instituto Butantan em parceria com a Sinovac, a CoronaVac, saiu na frente e marcou o início da vacinação no país.

  • Pessoas com mais de 75 anos ou com mais de 60 anos em casas de repouso;
  • Povos tradicionais, indígenas e ribeirinhos;
  • Trabalhadores da saúde (médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, entre outros);
  • Trabalhadores de apoio (recepcionistas, seguranças, entre outros);

A expectativa é de imunizar cerca de 14,8 milhões de pessoas só nesta primeira fase, de acordo com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello.

Quem está na fila de vacinação – Fase 2

Este momento está previsto para ter início após o segundo e terceiro mês após início da campanha, ou seja, nos meses de abril e maio. Nesta segunda fase é esperado imunizar cerca de 22,1 milhões de pessoas.

  • Pessoas de 60 a 74 anos que não vivem em casas de longa permanência (asilo, centros psiquiátricos, entre outros).
Idosa olhando para uma janela e segurando uma máscara de proteção por conta da Covid-19.
(Foto: reprodução / Pinterest)

Quem está na fila de vacinação – Fase 3

A terceira fase está prevista para iniciar no mês de junho. Segundo o governo federal cerca de 12,7 milhões de pessoas serão vacinadas.

  • Pessoas com comorbidades (diabetes, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer ou obesidade grave).

Quem está na fila de vacinação – Grupo Prioritário

A fase chamada de Grupo Prioritário marca o início da vacinação na população de acordo com os serviços prestados. Sua data de início está prevista para acontecer durante 12 meses após o início da Fase 3, ou seja, em junho. O governo pretende vacinar cerca de 10 milhões de brasileiros.

  • Profissionais da área de educação (professores do nível básico ao superior, sendo eles de instituições públicas ou privadas;
  • Profissionais da área da segurança (policial federal, militar ou civil, Forças Armadas e bombeiros);
  • Funcionários do sistema prisional, incluindo presos;
  • Quilombolas;
  • Moradores de rua;
  • Portadores de deficiência.
Grupo de policias andando na rua
(Foto: Reprodução /Unsplash)

Quem está na fila de vacinação – Grupo Não Prioritário

Esta fase contemplará a maioria da população brasileira, isso porque a previsão é que 120 milhões de pessoas sejam vacinadas. Entretanto, o momento ainda não possui previsão de datas ou meses, já que é o último da Campanha Nacional de Vacinação. Os brasileiros e brasileiras que pertencem a esta posição deverão esperar até que o Grupo Prioritário se vacine nos próximos 12 meses seguintes da Fase 3.

  • Pessoas entre 18 e 59 anos;
  • Pessoas que não estão em condição de vulnerabilidade social;
  • Pessoas que não atuam em profissões essenciais;
  • Pessoas que não possuem comorbidades.

 

Médica com estetoscópio examinando bebê
(Fonte: Reprodução)

Quem não está na fila de vacinação

O governo ainda não traçou um plano de imunização para menores de 18 anos, crianças e gestantes. Por falta de informações, as vacinas não são recomendadas para este grupo, então o que resta é esperar!

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes