Peixinho da horta: uma PANC gostosa e nutritiva para incluir no cardápio

O peixinho da horta é uma Planta Alimentícia Não Convencional rica em nutrientes e sabor. Conheça essa iguaria e saiba o que ela faz por sua saúde.

0 208

O peixinho da horta, também conhecido como orelha de coelho e lambari-da-horta, é uma hortaliça muito nutritiva e versátil. De fácil preparo, pode ser incluída em lasanhas, risotos e massas ou simplesmente frita.

Além disso, seus valores nutricionais são mais um motivo para abrir espaço para ela no cardápio: a planta é rica em fibras e minerais, especialmente potássio, cálcio e ferro.

 

Por que o nome peixinho da horta?

 

O peixinho da horta tem uma folhagem bem diferente: de aspecto aveludado, as folhas tem formato que lembra um peixe. Além disso, a quantidade expressiva de óleos vegetais em sua composição química lhe deixam com um sabor que lembra lambari frito.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Assim, não demorou muito para que alguém tivesse a ideia de empanar e fritar a hortaliça. Sua textura é ideal para a aderência da massa e o resultado final se parece bastante com peixe frito.

Apesar de ficar deliciosa de diversas formas, essa última receita foi a que catapultou a popularidade do peixinho da horta. Veganos e vegetarianos se encantaram com o petisco e logo o prato estava no cardápio de diversos restaurantes voltados a esse público.

 

Benefícios do peixinho da horta

 

Os efeitos positivos do consumo de peixinho da horta se relacionam às fibras, minerais e antioxidantes presentes em sua composição. Graças à essa combinação, a hortaliça é capaz de colaborar com a digestão e a imunidade.

De acordo com estudo publicado no African Journal of Biotechnology em 2006, seu extrato apresenta atividade antioxidante. Assim, ao evitar ou atrasar a oxidação das células saudáveis, o peixinho da horta combatem inflamações e o desenvolvimento de doenças crônicas.

Além dessa publicação, um estudo publicado pela revista Elsevier foi ainda mais longe. Os pesquisadores demonstraram que as folhas e flores da planta têm propriedades que combatem o tumor cerebral em ratos e o carcinoma no útero humano.

Ao mesmo tempo, sua alta quantidade de fibra alimentar facilita os processos digestivos, regulando o intestino. A fibra corresponde a 13% do teor de matéria seca do peixinho da horta. Dessa forma, recomenda-se beber bastante água ao consumir a hortaliça.

Para além da ciência, a planta é tradicionalmente utilizada como remédio para doenças respiratórias. O chá de peixinho da horta é ótimo para tosse e irritação na garganta.

 

Onde encontrar peixinho da horta

 

O peixinho da horta faz parte do grupo das PANC – Plantas Alimentícia Não Convencionais. Isso quer dizer que essa hortaliça não está dentro do sistema alimentar convencional. Ou seja, ela não é cultivada e comercializada pelas grandes redes de produção e distribuição de alimentos.

Assim, você dificilmente encontrará essa hortaliça nos corredores dos supermercados, com raras exceções. Porém, é cada vez mais comum encontrá-la em feiras, especialmente aquelas especializadas em produtos orgânicos. Também é possível comprá-la direto do produtor, entrando em contato com agricultores da sua região.

 

peixinho da horta 3
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Como cuidar da planta peixinho da horta

 

Considerado uma planta ornamental, o peixinho da horta é de origem turca. Logo, a planta se adapta muito bem em climas amenos e sem calor excessivo. Aliás, é uma muda que vale a pena incluir na sua horta vertical.

 

Luz solar

 

O peixinho da horta gosta de temperaturas mornas, que não ultrapassem 35 °C. Assim, a incidência de luz na planta deve ser escolhida de acordo com o clima do local.

Se onde você mora faz frio, deixe-a em um local da casa bastante iluminado. Caso seja muito quente, prefira locais de meia-sombra.

 

Solo

 

O solo ideal para o crescimento do peixinho da horta é leve, poroso e rico em matéria orgânica. Assim, utilize composto orgânico ou hormônio vegetal misturado à terra escolhida.

Se for plantar sementes, deixe-as em cima da terra para que germinem, enterrando-as depois. As sementes de peixinho da horta precisam de luz solar para germinar.

 

Rega

 

A rega deve ser feita constantemente, toda vez que o solo estiver seco. No entanto, o excesso d’água pode apodrecer as raízes. Assim, orienta-se o plantio em um vaso com sistema de drenagem ou forrado com uma camada de pedras.

 

peixinho da horta 2
Imagem: Reprodução / Pinterest

 

Cuidados ao consumir

 

Em função de sua textura aveludada, o peixinho da horta pode reter um pouco mais de terra e sujeira em sua superfície. Assim, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) alerta para a necessidade de lavar e higienizar essa hortaliça com muito cuidado.

De acordo com a Embrapa, você pode armazenar as folhas de peixinho da horta por até oito dias. Para isso, seque-as bem e guarde-as em embalagens plásticas e a uma temperatura de 5ºC.

Dessa forma, você pode curtir o sabor e os nutrientes desse incrível alimento ao longo da semana, sem riscos para sua saúde.

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes