Pesquisadores sugerem que o resfriado comum pode proteger contra a covid-19

Os especialistas estão avaliando se a introdução do vírus do resfriado antes da infecção pelo coronavírus oferece algum tipo de proteção.

Os pesquisadores estão analisando se o resfriado comum pode proteger contra a covid-19.

Um estudo recente da Universidade de Yale descobriu que o rinovírus – a causa mais frequente de um resfriado – pode impulsionar as defesas antivirais do corpo, fornecendo proteção contra a gripe.

Eles descobriram que a presença do rinovírus desencadeou a produção do agente antiviral interferon, que faz parte da resposta inicial do sistema imunológico à invasão de patógenos.

Os pesquisadores agora estão analisando se a introdução do vírus do resfriado antes da infecção pelo covid-19 oferece um tipo de proteção semelhante.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

proteger contra a covid-19
Imagem: Reprodução / Pexels

Resfriado comum pode proteger contra a covid-19, segundo pesquisadores

A Dra. Ellen Foxman, da Escola de Medicina de Yale, disse: “O vírus do resfriado comum ativa as defesas antivirais normais dessas células que formam o revestimento das vias aéreas”.

“Portanto, as células que formam o revestimento das vias aéreas são onde todos esses vírus precisam crescer”, acrescentou.

“Isso inclui gripe, resfriado comum,  bem como a covid-19 – basicamente todos os vírus que você pega ao inspirá-los. Todos eles crescem neste tecido que forma o revestimento de suas vias aéreas”.

Ela acrescentou: “Sabemos que a resposta do interferon, que é esse mecanismo de defesa geral contra todos os vírus, funciona contra o coronavírus”.

“Se você fizer o experimento em um laboratório, poderá aplicar este produto químico – interferon – às células, e então poderá bloquear o vírus que causa a covid-19 também. Mas estamos apenas começando a fazer os experimentos.

A Dra. Foxman disse que acha que a imunidade baseada no interferon dura cerca de uma semana, talvez até duas. Contudo, acrescentou que ele não previne a infecção para sempre.

Mas ela explicou que isso pode fornecer uma “proteção temporária contra outro vírus” enquanto o corpo está “acelerado” para combatê-lo.

No entanto, a especialista disse que embora tivesse certeza de que isso possa ter uma aplicação à gripe, a covid-19 é imprevisível. Além disso, mais estudos precisam ser realizados.

Fonte Sky News

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes