Terceira dose vacina da covid-19: qual a importância e datas?

Ministério da Saúde anunciou hoje a vacinação para todas as pessoas acima de 18 anos

O Ministério da Saúde anunciou no dia 16 que todas as pessoas acima de 18 anos vão poder tomar a terceira dose da vacina da covid-19 no Brasil. Até então, apenas quem tem mais de 60 anos, profissionais da saúde e imunossuprimidos estavam liberados. 

O ministro Marcelo Queiroga também informou que o intervalo entre a segunda e terceira doses caiu de 5 para 6 meses. Segundo ele, a expectativa do governo é cumprir todo o calendário até maio de 2022. 

Quem pode tomar a terceira dose da vacina da covid-19?

De acordo com o ministério, a vacinação da terceira dose está liberada para todas as pessoas maiores de 18 anos. É preciso estar com o ciclo vacinal completo, ou seja, com a primeira e segunda doses já aplicadas. Além isso, é necessário esperar um intervalo de 5 meses para receber o imunizante. 

Quando será a vacinação?

Ainda não há um calendário oficial da terceira dose da vacina contra a covid-19. O ministro Marcelo Queiroga afirmou que a pasta conferiu autonomia para que as Secretarias de Saúde estaduais e municipais organizem seus próprios calendários. 

Com isso, a expectativa é que as divulgações aconteçam gradativamente, como no primeiro ciclo de imunização. Mas é importante que as pessoas se atentem ao prazo de 5 meses e não se esqueçam de buscar os postos de vacinação. 

Durante a coletiva, o Ministério da Saúde afirmou ter quantidades necessárias para a aplicação da terceira dose da vacina da covid-19 e liberou uma projeção das pessoas aptas a receber o imunizante nos próximos meses — a expectativa é finalizar a campanha em maio de 2022:

  • Novembro/21: 12,4 milhões;
  • Dezembro/21: 2,9 milhões;
  • Janeiro/22: 12,4 milhões;
  • Fevereiro/22: 21,8 milhões;
  • Março/22: 29,6 milhões;
  • Abril/22: 19,6 milhões;
  • Maio/22: 4,3 milhões.

Onde se vacinar?

A aplicação da terceira dose da vacina da covid-19 segue pelo Sistema Único de Saúde (SUS), na rede pública. Ao todo, são 38 mil postos de saúde no país. Estados e municípios também podem organizar iniciativas para a vacinação — como mutirões, semelhantes aos da aplicação da 1º dose. 

Por que tomar a terceira dose da vacina da covid-19?

Reforçar o ciclo de imunização é importante para garantir que a reposta imune seja preservada, ou seja, manter a sua proteção contra o novo coronavírus. A terceira dose da vacina da covid-19 vai estimular a produção de novos anticorpos e, com isso, tornar a população mais protegida, ajudando ainda mais na queda de contágio e mortes pela doença. 

Qual imunizante vou tomar?

O Ministério da Saúde explicou durante a coletiva que a terceira dose da vacina da covid-19 deve ser de um imunizante diferente do que foi usado nas duas primeiras doses. Ou seja, quem tomo Astrazeneca deverá receber Pfizer, e vice-versa. 

Por isso, segundo Queiroga, a vacina da Pfizer deve ser a mais aplicada, já que boa parte da população recebeu os outros imunizantes no ciclo vacinal.

Uma atualização importante foi sobre a vacina da Jansenn, de dose única. O ministério explicou que será preciso uma segunda dose do imunizante, dois meses após a primeira, e então a terceira dose da vacina da covid-19, obedecendo o intervalo de cinco meses.

Saiba também:

Uso de máscara em São Paulo segue obrigatório?

Deixe um comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes