Perguntas em entrevista de emprego: saiba respondê-las

Sinceridade e revisão das próprias experiências são essenciais para responder os questionamentos.

Existem algumas perguntas em entrevista de emprego que são praticamente regra. Elas se relacionam com informações pessoais, habilidades profissionais, exemplos de experiências vivenciadas e projetos futuros. Ao conversar com o recrutador é necessário estar preparado para respondê-las de maneira contundente. Todavia, falas ‘automáticas’ são um ponto negativo, é recomendado ser natural. 

Em princípio, é preciso ler o currículo, revisitar atividades anteriores e competências. É o que diz a consultora de Recursos Humanos (RH) Lucélia Ourique, “pessoas vão para a entrevista e não leem o currículo, não sabem as atividades” e acabam falando dados na conversa que não condizem com o que está descrito no documento. 

Perguntas mais frequentes em entrevistas de emprego

As primeiras perguntas em uma entrevista de emprego podem estar mais ligadas à vida pessoal. Ourique rebate o mito de que ao entrar na organização o funcionário deve deixar de lado suas questões pessoais. “Não há como separar o profissional do pessoal, há papéis de responsabilidade” diz ela e exemplifica “se você é desorganizado em casa, será desorganizado no trabalho”. 

Fale um pouco sobre você? / Quem é você? 

Nas perguntas “fale um pouco sobre você?” e “quem é você?” o entrevistado deve informar algumas de suas características e fatos pessoais. Desse modo, a consultora orienta a falar o nome, idade, estado civil e se tem filhos. Além de comentar interesses, como por exemplo gostar de estar em família e gostar de ler. Pode-se falar também sobre a formação acadêmica. 

O que você têm feito na quarentena? 

Com o isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus a pergunta “o que você que têm feito na quarentena?” passou a fazer partes das entrevistas de emprego. Ourique diz que é preciso ser sincero ao comentar pontos como: acompanhamento do mercado de trabalho, qualificações em cursos online, prática de atividades físicas e desenvolvimento da saúde emocional. 

Entrevista de emprego online (Freepik)

Perguntas em entrevista de emprego: habilidades e competências

Em seguida, o recrutador pode perguntar sobre as habilidades e competências do candidato. Ao ler o currículo  “ele [recrutador] vai passar em cada experiência para poder questionar”  ao passo que pode pedir exemplos “de quando [o entrevistado] foi capaz de usar as habilidades de liderança, de situação positiva ou negativa, de onde percebe que tem que melhorar” conta a especialista. Em suma, são feitas perguntas sobre a rotina em trabalhos anteriores. 

Fale sobre seus pontos fortes e fracos

Lucélia Ourique afirma que essa parte é a mais desafiadora, pois o entrevistado “acaba muitas vezes repetindo o que o mercado está dizendo”. Ao falar sobre um ponto fraco que possa interferir na vaga em questão, a consultora recomenda que o candidato diga “que está trabalhando para resolver”, mantendo a sinceridade.  

Em conformidade, a consultora faz reverência à pergunta “o que você faz de melhor?”, que também é feita com frequência. E diz que muitos candidatos tem dificuldade de respondê-la imediatamente. 

Por que devemos de contratar? 

Ao ser confrontado com essa pergunta em uma entrevista de emprego, o entrevistado deve descrever suas experiências e habilidades. Ourique dá exemplos, porém salienta que não há respostas prontas:

  • “Porque eu posso agregar dentro da organização (…)”
  • “Eu tenho perfil da vaga (…)”
  • “É a empresa que sempre sonhei (…)”
  • “Porque eu me identifico com os valores da empresa (…)”

Ademais, alguns recrutadores podem perguntar o que o candidato sabe sobre a empresa. Por isso, é interessante pesquisar sobre a instituição previamente. 

Entrevista de emprego online (Freepik)

Quais seus planos para o futuro?

Dentre as perguntas em uma entrevista de emprego, está o questionamento sobre planos do candidato. Lucélia afirma que pode-se falar sobre metas profissionais e pessoais, de curto, médio ou longo prazo. A recolocação no mercado de trabalho deve ser mencionada. Nesse sentido, é aconselhável ser objetivo e citar dois ou três planos. 

Por fim, outras perguntas em uma entrevista de emprego

Os questionamentos supracitados são a base de processos seletivos, conforme afirma a consultora. Não necessariamente todas elas serão feitas em uma entrevista, mas são as mais comuns. 

Ourique exemplifica que em um recrutamento para vagas de liderança pode-se perguntar “qual o seu modelo de gestão?” ou “fale sobre um feedback negativo e um positivo e como você reagiu?”. Em suma, de acordo com o cargo, outras perguntas são feitas em uma entrevista de emprego.

O que não falar em uma entrevista de emprego?

Aqui estão 10 coisas que você deve evitar dizer durante uma entrevista:

  1. Negatividade sobre um empregador ou emprego anterior
  2. “Eu não sei.”
  3. Discussões sobre benefícios, férias e remuneração
  4. “Está no meu currículo.”
  5. Linguagem não profissional
  6. “Eu não tenho perguntas.”
  7. Perguntando o que a empresa faz
  8. Respostas ou clichês excessivamente preparados
  9. Discussões sobre sua falta de experiência
  10. Informações pessoais não relevantes para o trabalho ou suas qualificações

- continue lendo -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes