Eduardo Galvão morre vítima de Covid-19: relembre a trajetória do ator

O ator Eduardo Galvão morreu nesta segunda-feira (07), vítima de Covid-19. Ao longo da carreira, ele marcou presença em dezenas de novelas.

O ator Eduardo Galvão morreu nesta segunda-feira (07), vítima de Covid-19, aos 58 anos. Ao longo de sua extensa carreira televisiva, ele fez participações em dezenas de novelas, em sua maioria na Rede Globo. A última em que participou foi em ‘Bom Sucesso’.

Relembre alguns trabalhos de Eduardo Galvão

Em ‘Bom Sucesso’ (2019), o artista deu vida ao Dr. Machado. Na novela das 19, ele fez par romântico com a atriz Helena Fernandes, com quem atuou em ‘Caça Talentos’.

Na imagem Eduardo Galvão na novela 'Bom Sucesso' com Antonio Fagundes, Grazi Massafera e Helena Fernandes
(Foto: Raquel Cunha/ Rede Globo)

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Antes de voltar para a Globo, ele esteve na Record TV, na novela Apocalipse (2017). Na trama, ele intrepretou Alan Gudman. 

Pouco antes, Eduardo Galvão participou de ‘Malhação: Seu Lugar No Mundo’ (2015). Durante a trama, ele interpretou Jorge Almeida, um garçom que formava par com Inez Viana.

Saindo das novelas, Eduardo também atuou na minissérie ‘Dercy de Verdade’ (2012). Ele interpretou Walter Pinto, um importante produtor de Teatro de Revista da Praça Tiradentes. Além disso, foi responsável por levar atrações internacionais para o Rio de Janeiro. Todos os episódios estão disponíveis no Globo Play.

Outro personagem marcante de Eduardo Galvão, foi em ‘Um Menino Maluquinho’ (2006). Na série infantil, o ator fazia o papel de Pedro, o pai do Menino Maluquinho, na TVE. 

Ao lado de grandes nomes da televisão como Tarcísio Meira, Gloria Menezes, Luisa Gustavo e Deborah Secco, Eduardo Galvão interpretou Armando Bananeira, em ‘O Beijo do Vampiro’ (2002). Na trama, ele é um empresário ganancioso, que quer construir um shopping, mas pretende destruir uma parte histórica da cidade.

Ganhando destaque na série ‘Caça Talentos’ (1996-1998), o artista trabalhou com Angélica. No papel marcante, ele fez de Arthur Carneiro, que fazia parceria com a fada Bela, personagem da apresentadora.

Mas foi em ‘O Salvador da Pátria’, onde Eduardo iniciou a carreira de ator na televisão. Em 1989, ele era Régias de Abreu. Na novela da Globo, ele interpreta um jornalista que se apaixonava por Camila, personagem de Mayara Magri.  

Filha de Eduardo Galvão fala sobre saúde do pai

Quando internado, a filha única de Eduardo Galvão, Mariana Galvão, falou sobre o estado de saúde do pai. Segundo ela, na última quinta-feira (03), ele estava apresentando melhora. 

“Ele continua intubado, mas o médico disse que ele passou a noite desta quinta-feira super bem, que está respondendo bem ao tratamento e já viu melhora no pulmão dele, graças a Deus”, disse ela, que pedia por orações nas redes sociais.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes