VÍDEO: em defesa de Bolsonaro, Zé Neto cria polêmica com Anitta

Cantores também falaram em tom crítico sobre a Lei Rouanet

Zé Neto e Cristiano saíram em defesa do presidente Bolsonaro durante um show realizado em Sorriso, Mato Grosso, na última quarta-feira (12). A dupla sertanejo também aproveitou a oportunidade para criticar a Lei Rouanet e alfinetar a cantora Anitta, que é assumidamente contra o chefe do Executivo.

Zé Neto apoia Bolsonaro e manda indireta a Anitta

A dupla sertaneja Zé Neto e Cristiano fez um discurso que viralizou na web a favor de Bolsonaro. “Sorriso, Mato Grosso, um dos Estados que sustentou o Brasil durante a pandemia”, diz o cantor Zé Neto em um vídeo publicado nas redes sociais.

O famoso foi bastante crítico em relação a Lei Rounet. “Nós somos artistas que não dependemos de Lei Rouanet. O nosso cachê quem paga é o povo”, continua. “A gente não precisa fazer tatuagem no ‘t***’ pra mostrar se a gente tá bem ou não. A gente vem simplesmente aqui e canta”, disse. Os internautas interpretaram como uma indireta para a cantora Anitta, que no ano passado publicou um vídeo no site OnlyFans fazendo uma tatuagem anal. “E o Brasil inteiro canta com a gente… Olha aqui, oh, será que tá ruim?”, termina o cantor.

O discurso desagradou parte do público da web, que chamou Zé Neto de hipócrita por criticar Anitta – o cantor sempre posta fotos de sunga em suas redes sociais, que causam burburinho.

Foto: Reprodução/Twitter

 

Polêmicas envolvendo Zé Neto

Essa não é a primeira vez que o cantor Zé Neto se envolve em polêmicas. Com a repercussão do discurso no show, os internautas resgataram um vídeo de uma entrevista do famoso em 2018 no qual ele dá a entender que teria mantido relações sexuais com uma égua enquanto morava na fazenda.

“Você comia uma égua?”, questiona o apresentador Fidelis. “Hoje você fala pa pa pa, zoofilia, mas como você explica para uma criança de 4 anos o que é zoofilia. Tenho foto dela até hoje na minha carteira, ela chamava Menina, era o que a gente tinha na roça, comecei a ter ciúme dos coleguinhas com ela”.

No ano passado, o cantor também foi acusado de homofobia durante uma live realizada no canal do YouTube da dupla. Zé Neto, que torce para o Palmeiras, perdeu uma aposta com o colega e teve que cumprir a promessa. Ele vestiu uma camisa do São Paulo e fez gestos que insinuaram um comportamento afeminado e andou rebolando.

Os internautas acusaram o cantor de homofobia, e ele pediu desculpas. “É tudo uma brincadeira, igual o pessoal tira sarro e brinca que corintiano e palmeirense são tal coisa. Se alguém se sentiu ofendido, do fundo do coração essa não foi a intenção”, disse.

A dupla é publicamente apoiadora do presidente Jair Bolsonaro. Em 2019, os cantores dedicaram a vitória no Troféu Melhores do Ano, do Domingão do Faustão, ao chefe do executivo. “Alô, Bolsonaro! Capitão! Esse daqui é pra você, melhores do ano. Por ter certeza que você vai ser o presidente do ano, o melhor da história desse país”, disseram.

+ Michelle Barros saiu da Globo: jornalista pede demissão da emissora

Você pode gostar também
buy cialis online