Emicida estreia documentário ‘AmarElo’ na Netflix e dá aula de história

Rapper lança obra que fala sobre a história da cultura negra do Brasil.

Emicida lançou na Netflix o documentário “AmarElo: É Tudo Para Ontem“, na terça-feira (8). Além dos bastidores do show no Theatro Municipal do São Paulo, fala sobre a história da cultura negra do Brasil nos últimos 100 anos. “Gostaria de decompor o preconceito”, disse.

Qual é o documentário do Emicida na Netflix?

O documentário “AmarElo: É Tudo Para Ontem” entrou no catálogo da Netflix, ontem. “Nasceu o nosso mais novo filho! Sonhar continua sendo a maneira mais revolucionária de mudar o mundo. E estamos mostrando isso durante 90 minutos pra mais de 190 países”, escreveu o músico em seu Instagram.

Nos bastidores do show no Theatro Municipal do São Paulo, o rapper e ativista Emicida celebrou o grande legado da cultura negra brasileira. “Eu não sinto que eu vim, eu sinto que eu voltei. E que, de alguma forma, meus sonhos e a minha luta começaram muito antes da minha chegada, disse no trailler da obra, destacando que seu objetivo é decompor o preconceito”.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Além de mostrar o processo criativo e a gravação do projeto “AmarElo”, incluindo cenas da apresentação realizada em 2019, o documentário conta a história da cultura negra do Brasil nos últimos 100 anos.

“A gente foi desconectado da grandiosidade da cultura afro-brasileira. A gente foi desconectado da beleza da produção de tanta gente boa. O negro não ‘contribuiu’, ele ‘criou’ a cultura brasileira. Então eu acho muito importante que todo mundo assista esse filme e pense quão foi furtado ao longo do tempo pelo que chamamos de história oficial. Esses personagens foram invisibilizados. Essa invisibilização serve a um processo que mantem a pessoas de pele escura e as indígenas num lugar de subalternidade”, analisou o rapper em entrevista à GQ Brasil.

Assista ao trailler

Vale lembrar que o Grammy Latino 2020 premiou o trabalho de Emicida, que teve “AmarElo” eleito o “Melhor álbum de rock ou de música alternativa em língua portuguesa”. “Eu disse que via vocês no pódio! A vida sempre vence”, comemorou nas redes sociais.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes