Johnny Depp perde processo contra o jornal The Sun, que o acusou de ser um “espancador de mulheres”

The Sun disse que Depp era um “espancador de mulheres” em um dos seus artigos. De acordo com o juíz, o jornal provou que o que estava escrito era “substancialmente verdadeiro”.

Johnny Depp perde processo por difamação contra o jornal The Sun por causa de um artigo que o chamava de “espancador de mulheres”.

Depp processou o jornal depois que este alegou que o ator agrediu sua ex-esposa Amber Heard, o que ele nega. O The Sun disse que o artigo era preciso.

De acordo com o juíz, o jornal provou que o que estava no artigo era “substancialmente verdadeiro”.

Um porta-voz do The Sun agradeceu a Heard por “sua coragem”.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

O julgamento foi feito durante 16 dias em julho no Royal Courts of Justice de Londres, em que ambas as partes deram seus depoimentos.

O juíz disse: “Embora ele tenha provado os elementos necessários de sua causa de ação por difamação, os réus mostraram que o que publicaram era substancialmente verdadeiro”.

“Cheguei a essas conclusões tendo examinado em detalhes os 14 incidentes nos quais os réus se baseiam. Bem como as considerações gerais que o requerente apresentou que devo levar em consideração”, acrescentou.

 

Johnny Depp perde processo
Imagem: Reprodução / Getty Images

Johnny Depp perde processo contra o jornal The Sun

Em um comunicado, o advogado de Heard nos Estados Unidos disse: “Para aqueles de nós presentes no julgamento da Suprema Corte de Londres, esta decisão e julgamento não são uma surpresa”.

“Muito em breve, apresentaremos evidências ainda mais volumosas nos Estados Unidos. Estamos empenhados em obter justiça para Amber Heard no Tribunal dos EUA e em defender o direito da Sra. Heard à liberdade de expressão”.

O caso de Depp foi movido contra o News Group Newspapers (NGN) – editor do The Sun – e o editor executivo Dan Wootton por causa de um artigo publicado no site do The Sun em 27 de abril de 2018.

O artigo tinha a manchete: “Como JK Rowling pode ser ‘genuinamente feliz’ escalando Johnny Depp para o novo filme de Animais Fantásticos e onde habitam?”

A advogada do editor do The Sun, Sasha Wass QC, argumentou que “não há dúvida de que Depp regularmente e sistematicamente abusava de sua esposa. A caracterização de que ele é um espancador de mulheres é inteiramente verdadeira”.

Fonte BBC

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes