Príncipe William teve coronavírus e manteve o diagnóstico em segredo

Sabe-se que o duque de Cambridge teve o vírus na mesma época em que foi anunciado que seu pai havia testado positivo.

O Príncipe William teve coronavírus no início deste ano e não estava bem. Mas isso não veio a público porque ele “não queria preocupar ninguém”.

Sabe-se que o duque de Cambridge teve o vírus em abril, na mesma época em que seu pai, o príncipe Charles, havia testado positivo para o coronavírus em 26 de março.

O príncipe William não confirmou publicamente que tinha o vírus. Mas de acordo com relatos, ele disse a alguém em um noivado: “Havia coisas importantes acontecendo e eu não queria preocupar ninguém”.

Quando contatado no domingo, o Kensington Palace não quis comentar, mas não negou a alegação.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Príncipe William teve coronavírus
Imagem: Reprodução / Getty Images

Príncipe William teve coronavírus

Uma fonte disse ao The Sun que o príncipe havia sido “atingido com força pelo vírus”. 

O duque recebeu o tratamento pelos médicos do palácio e seguiu as diretrizes do governo isolando-se na casa da família, Anmer Hall, em Norfolk.

Apesar de sua doença, ele ainda conseguiu realizar 14 compromissos por telefone e videochamada em abril. Bem como uma videoconferência com os funcionários do NHS no Queen’s Hospital em Burton.

William, que é pai de George, Charlotte, e Louis, teve uma pausa de sete dias após 9 de abril. Mas abriu o Hospital Nightingale em Birmingham por vídeo em 16 de abril.

 

Homenagem ao NHS

Na semana passada, William e Kate elogiaram os trabalhadores do NHS por sua “humildade e compaixão” no Pride of Britain Awards.

O casal se reuniu com seis representantes do NHS para entregá-los o prêmio em um dos hospitais mais antigos da Grã-Bretanha, o St Bartholomew’s, na cidade de Londres.

O duque disse: “O impacto devastador da pandemia do coronavírus nos lembrou, como nação, o quanto devemos aos milhares de trabalhadores do NHS que foram muito além do dever este ano”.

“Eles trabalharam incansavelmente, 24 horas por dia, com humildade e compaixão, nas circunstâncias mais desafiadoras. Colocando suas próprias vidas em risco para ajudar os outros”, acrescentou.

Fonte Sky News

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes