‘Sou um racista em desconstrução’, diz Bruno Gagliasso

Ator comentou sobre ataques racistas que a filha dele sofreu nas redes sociais

Bruno Gagliasso conversou com Celio Ashcar Jr., no programa Fala Celio!, na noite de segunda-feira (16). Um dos assuntos abordados foi o caso de racismo sofrido pela filha Titi. “Lutei como um leão para defender a minha filha, mas, na verdade, o que eu fiz, foi o mínimo, como pai, como ser humano e como cidadão, que prega e quer igualdade, respeito, e que quer que as pessoas evoluam”, declarou. E surpreendeu ao acrescentar que também está em um processo de aprendizagem. “Sou um racista em desconstrução, porque a gente é fruto de uma sociedade, que aprendeu muita coisa errada.”

Como foi a entrevista de Bruno Gagliasso?

No talk show transmitido pelo YouTube, o ator declarou amor à família. É casado com Giovanna Ewbank e tem três filhos: Titi, de 7 anos, Bless, de 4 anos, e Zyan, de 4 meses. Aproveitou para fazer um pedido por mais igualdade e inclusão, além de relembrar os ataques racistas que a filha dele sofreu nas redes sociais.

“Sem dúvida, estamos muito longe do mundo da conquista por respeito e igualdade. A maior prova disso é o que a Viola Davis falou recentemente ao pedir igualdade na indústria do entretenimento. A maior prova disso são os nossos governantes, o que eles pregam, o que eles falam. (…) Estamos distantes ainda, mas é uma luta de todos”, declarou.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Gagliasso ainda desabafou que nunca pensou que sofreria preconceito quando fosse pai. “Quando a gente fala sobre amor, a gente não pensa nessas coisas. Amor não tem CEP e é o maior agente transformador. Ainda escutamos muitos absurdos dos nossos governantes e, ao mesmo tempo, temos muita esperança, pois vi a nova lista de vereadores eleitos e muitos são maravilhosos. Ainda ficou muito impressionado com pessoas que pensam diferente.”

Imagem mostra Bruno Gagliasso com os filhos
(Foto: @brunogagliasso/Instagram/Reprodução)

Bruno Gagliasso falou mais sobre racismo

O ator ainda disparou que a falta de educação e conhecimento é o grande problema. “Quando a gente estuda, a gente só enriquece, só aprende. Preconceito nada mais é do que falta de conhecimento ou mau-caratismo. Então, se você tem conhecimento, você começa a enxergar com mais facilidade e saber o quão ignorante é ou não. É através da educação que se resolve tudo. Educação é amor e só o amor é capaz de transformar.”

Gagliasso deixou claro que ele, a esposa e os filhos estão aprendendo juntos sobre racismo. E que, assim, pode ensinar as crianças, para que se tornem pessoas fortes e sem preconceitos.

https://www.youtube.com/watch?v=2qD0xhfqM6s

Informar Erro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes