A Força do Querer teve Silvero Pereira em 1º papel na TV; relembre

Ator está no ar atualmente como Zaquieu em Pantanal

A Força do Querer Silvero Pereira interpretou Nonato, motorista contratado por Eurico (Humberto Martins) para trabalhar para Silvana (Lilia Cabral). Além do emprego formal durante o dia, o personagem é a travesti transformista Elis Miranda, que brilha nos palcos de boates performando hits musicais.

A Força do Querer Silvero Pereira: quem era a personagem?

Silvero Pereira interpretou Nonato/Elis Miranda em A Força do Querer. A personagem é uma travesti transformista que se esconde atrás da identidade de Nonato para conseguir o emprego e se proteger do patrão machista. Através da história de Elis, são abordados importantes temas como a violência contra a comunidade LGBTQIA+.

No começo da novela, ninguém sabe que Nonato na verdade é Elis Miranda, mas logo o segredo da personagem começa a ser descoberto.

Em uma das cenas de Elis ao lado de Jane di Castro, que fez uma participação especial na obra, a travesti conta porque passou a trabalhar como motorista disfarçado de Nonato. “Tive que me montar, querida! Fazer a linha machuda! Quem é que dá emprego a travesti? Travesti só tem vez quando é artista reconhecido que nem você. Tá dando pra pagar minhas contas e ainda mandar um dinheirinho pra família”, disse.

Também é explicado ao público a história de Elis Miranda. Ela revela para a amiga que foi rejeitada e expulsa de casa pela família e ainda apanhou do irmão após ser flagrada em um show. “Fui fazer um show numa cidadezinha ali perto da minha. Quem entra? Elson, meu irmão. Logo o Elson! “Saí desabalado na carreira, era salto, roupa despencando pelo caminho. Elson me alcançou”, relembra.

Depois, quem descobre a verdadeira identidade do motorista é Biga (Mariana Xavier), secretária que também trabalha para Eurico. A funcionária promete não contar nada para os patrões e assim nasce uma grande amizade entre as duas.

Mas além das implicâncias de Eurico, que exige que Nonato seja “machão”, Elis Miranda ainda sofre com ataques homofóbicos ao longo da novela. A travesti é seguida por dois homens, que gritam palavrões e partem para cima do funcionário da empresa dos Garcia.

Elis tem um final feliz em A Força do Querer. Depois que Eurico descobre que Nonato na verdade é Elis, ele rejeita e demite a funcionária, mas logo repensa sua decisão e se torna o maior patrocinador dos shows da travesti, que fica livre para seguir a carreira que realmente gosta.

Elis Miranda não foi a única personagem LGBTQIA+ de A Força do Querer. A novela trouxe à tona a transexualidade com Ivana (Carol Duarte), que descobre ser um homem trans ao longo da novela.

Assista o vídeo e relembre o final do personagem:

Silvero Pereira interpreta Zaquieu em Pantanal

Cinco anos após o sucesso de Silvero Pereira em A Força do Querer, o ator retorna para o horário nobre agora para viver Zaquieu em Pantanal. O mordomo de Mariana (Selma Egrei) traz para a novela, mais uma vez, importantes discussão sobre homofobia.

O personagem também tem feito sucesso entre os internautas. Zaquieu se muda para a região pantaneira junto com a patroa, mas logo decide retornar para o Rio de Janeiro após sofrer uma onda de ataques homofóbicos pelos peões de José Leôncio (Marcos Palmeira).

As cenas renderam um diálogo emocionante entre o mordomo e Eugênio (Almir Sater), que abordou os preconceitos que pessoas LGBTQIA+ sofrem ao longo da vida. Os ataques também fizeram com que o rei do gado e Irma (Camila Morgado) tivessem uma conversa com os funcionários da fazenda e deixaram claro que vão aceitar qualquer tipo de preconceito no local.

Após o diálogo, o pai de Jove (Jesuíta Barbosa) conseguiu convencer Zaquieu a retornar para a fazenda. Se o roteiro seguir o mesmo de 1990, o mordomo vai se apaixonar por Alcides (Juliano Cazarré) e irá ajudá-lo a matar Tenório nos capítulos finais da trama.

Zaquieu
Zaquieu (silvero pereira) sofre homofobia na novela – foto: reprodução/globo
Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.