Qual foi a primeira novela do Brasil?

Sua Vida Me Pertence estreou em 20 de dezembro de 1951 na extinta TV Tupi

Em 2021, as novelas completam 70 anos de exibição no país. Os folhetins se tornaram paixão nacional ao longo das décadas e lançaram dezenas de atores ao estrelato na TV. Muita gente não sabe qual foi a primeira novela do Brasil, exibida em 1951, que marcou o início da trajetória de sucesso da teledramaturgia em terras brasileiras.

Sua Vida Me Pertence foi a primeira novela do Brasil

A primeira novela do Brasil foi “Sua Vida Me Pertence”, exibida na TV Tupi. A trama estreou em 20 de dezembro de 1951 e foi escrita por Wálter Forster, que também atuou e dirigiu a obra. Ele contracenou com com as atrizes Vida Alves e Lia de Aguiar.

A trama foi exibida em um formato bem diferente do que o público está habituado atualmente. Com apenas 15 episódios, a história era exibida duas vezes por semana, às terças e quintas. O folhetim foi ao ar até 8 de fevereiro de 1952, por volta das 20h.

Cada capítulo durava cerca de 20 minutos e alguns deles foram apresentados ao vivo. A novela também foi pioneira ao mostrar o primeiro beijo da televisão brasileira, protagonizado por Wálter Forster e Vida Alves – a cena entrou para a história da TV, já que na época os costumes eram muito rígidos. Infelizmente, não há registros do momento.

Além do trio protagonista, Sua Vida Me Pertence contava com mais alguns atores em seu elenco: Lima Duarte, Néa Simões, João Monteiro, Tânia Amaral, Dionisio Azevedo, João Monteiro, José Parisi e Astrogildo Filho. Os dois únicos cenários da história eram uma praça e um jardim.

Primeira novela do brasil
Walter foster e vida alves em sua vida me pertence (1951) – foto: reprodução/tv globo

Sobre o que era a novela?

A história de autoria de Forster mostrava um triângulo amoroso formado por ele, Vida e Lia.

Vida Alves era Elizabeth, uma mocinha apaixonada por Alfredo, o protagonista, que por sua vez, esnobava dos sentimentos da moça e se envolvia com Eliana, personagem de Lia de Aguiar.

Após muitos altos e baixos na relação, Elizabeth e Alfredo finalmente se entregam ao amor. Os dois selam o relacionamento com um beijo apaixonado, que deu o que falar na época.

Leia também: Quem será o Tenório no remake de Pantanal?

 

Você pode gostar também