Quem era o Cadeirudo da novela A Indomada?

Revelação pegou o público de surpresa na reta final da trama

A Indomada, folhetim exibida pela Globo em 1997, traz um grande mistério: quem era o Cadeirudo da novela? O personagem não revelava seu rosto e aterrorizava as mulheres de Greenville, cidade fictícia de Pernambuco, em noites de lua cheia. É somente na reta final que o público descobre a verdadeira face do maníaco.

Quem era o Cadeirudo da novela?

Interpretada pela atriz Sônia de Paula, Lourdes Maria era o Cadeirudo da novela A Indomada.  A descoberta pegou o público de surpresa, já que a personagem era uma das beatas mais fervorosas da cidade. A intenção não era atacar mulheres, mas apenas assustá-las – a religiosa, junto com Altiva (Eva Wilma), criou o personagem para infernizar a vida da cafetina Zenilda (Renata Sorrah) e das garotas que trabalhavam no prostíbulo.

A sentença de Lourdes foi passar por um tratamento psiquiátrico. A juíza Mirandinha (Betty Faria) não podia condená-la por crimes, já que ela nunca tocou em ninguém. “Se as próprias vítimas são as primeiras a declarar que apenas se assustaram com a sua presença. Eu já dei uma olhada em meus códigos e concluí: não houve infração que justifique a detenção da criatura. Portanto, nós vamos ter que soltar o Cadeirudo”, afirma.

Ao longo da novela, oito personagens foram cogitados suspeitos: Beraldo (Rodrigo Faro), Berbela (Daniela Faria), Egydio (Licurgo Spinola), Richard (Flávio Galvão), Vieira (Catarina Abdala), padre José (Pedro Paulo Rangel) e Elaine (Cristina Galvão), além de Lourdes Maria.

Lourdes Maria (Sônia de Paula) era o Cadeirudo – Foto: Rede Globo

 

Por onde anda Sônia de Paula?

A atriz está afastada da televisão desde 2016. Seu último trabalho foi no programa de humor Procurando Casseta & Planeta. Atualmente, a artista está com 69 anos e se dedica a projetos culturais infantis, como o ‘Lê Pra Mim?’, que incentiva a leitura de crianças.

Depois de A Indomada, Sônia de Paula esteve em outras novelas da Globo. A atriz atuou em Chocolate com Pimenta (2004), Beleza Pura (2008) e Caras & Bocas (2009). Anteriormente, participou de títulos como Explode Coração (1995), Mulheres de Areia (1993) e Lua Cheia de Amor (1990).

Em entrevista ao Notícias da TV, a atriz acredita que, apesar de A Indomada ter sido exibida em 1997, a trama se mantém muito atual. “Lurdes era beata, conservadora, mas assustava as pessoas de noite. Ela se escondia atrás de uma máscara. Por que não tinha coragem de assustar cara a cara? As pessoas se escondem. Passaram-se 23 anos da novela e as pessoas continuam se escondendo atrás de máscaras. Já que querem ser conservadores, que se exponham, não fiquem usando de subterfúgios pra não darem a cara a tapa”, disse.

Ela também contou que planeja retornar para a televisão agora que seus projetos estão encaminhados e conseguem se manter sem sua presença constante.

No Instagram, ela compartilha cliques do projeto de leitura, que já contou com a participação de nomes como Sophia Abrahão, Sérgio Malheiros, Suzy Rego, Totia Meireles, entre outros.

Sônia de Paula atualmente – Foto: Reprodução/Instagram/@sonia.atriz

 

A Indomada está disponível para os assinantes do Globoplay. Para assistir aos 203 capítulos na íntegra, basta procurar pelo nome da trama no campo de busca ou ir na seção novelas. O folhetim já foi reprisado uma vez pelo canal Viva em 2019.

+ Onde foi gravada a novela Cara e Coragem, nova trama das sete

Você pode gostar também
buy cialis online