Quem vira sucuri na novela Pantanal? Conheça a história da novela

Personagem é emblemático e misterioso no folhetim de Benedito Ruy Barbosa.

Uma sucuri foi a responsável por instigar o instinto materno de Marria Marruá, que planejava abandonar Juma em um barco após o nascimento. Esta mesmo sucuri já cruzou o caminho de José Leôncio, Joventino, entre outros personagens. Mas afinal de contas, quem vira sucuri na novela Pantanal?

Quem vira sucuri na novela Pantanal?

O velho do rio é quem vira sucuri na novela Pantanal. O personagem é o elo entre o mundo físico e o espiritual e pode ficar na forma de homem ou animal. Guardião do local, o velho incentiva a preservação, cuida dos animais, das águas e também ajuda os perdidos e feridos.

Segundo o UOL, a história do velho do rio é baseada em algumas lendas do folclore pantaneiro que o autor Benedito Ruy Barbosa se inspirou na hora de escrever a trama da novela em 1990.

No final da novela Pantanal, quem passa a virar sucuri é José Leôncio, que assume o papel do pai e vira o novo velho do rio. A cena acontece no último capítulo do folhetim, depois que José Leôncio morre. Ele reencontra o pai depois de anos e após uma conversa de pai e filho, assume o manto e chapéu de velho do rio.

Para as gravações da novela Pantanal foram utilizadas duas cobras diferentes: uma sucuri de mentira de 4 metros e uma verdadeira. O animal cenográfico foi criado por um artesão local contratado por Mirica Vianna, a produtora de arte da novela.

Já a sucuri verdadeira que foi usada para algumas tomadas é do Centro Amazônico de Herpetologia, e teve a supervisão da médica veterinária Ellen Eguchi, que publicou fotos de bastidores ao lado do elenco do folhetim.

sucuri pantanal
Quem vira sucuri na novela Pantanal? Veterinária publicou fotos ao lado de animal e atores do folhetim – Foto: Reprodução/Instagram/@elleneguchi

Quem é o Velho do Rio

Antes de ser o guardião do pantanal, o velho do rio era um homem comum: Joventino. O pai de José Leôncio se transformou na entidade depois que teve uma briga no mato com um marruá.

 

personagens
Irandhir Santos como Joventino (à esquerda) e José Lucas de Nada (centro), e Osmar Prado (à direita) – Foto: Reprodução/Globo

Na versão original da novela, o velho do rio conta par José Leôncio no desfecho do folhetim que morreu ao cair do cavalo depois da briga com o boi e que foi atingido por um cobra no pescoço. Porém, ele ganhou a oportunidade de continuar entre os vivos, como o velho do rio. Por isso, o filho do peão e funcionários da fazenda Leôncio não encontraram nenhum corpo na busca por Joventino.

Joventino é interpretado por Irandhir Santos na primeira fase do remake, já o velho do rio é papel de Osmar Prado em ambas as fases da novela. Em 1990, tanto o papel de Joventino, Zé Leôncio quanto do velho do rio foram interpretados por Claudio Marzo.

Irandhir Santos irá retornar ao folhetim da Globo, porém, como o personagem José Lucas de Nada, filho bastardo de José Leôncio. O rapaz foi gerado pela prostituta Generosa, que vai para a cama com o filho de Joventino no primeiro capítulo do remake.

Pelo que foi divulgado até então pela emissora, Osmar Prado irá interpretar apenas o personagem do velho do rio e não será substituído por outro ator ao longo da novela. A versão mais velha de Zé Leôncio ficará nas mãos de Marcos Palmeira a partir da segunda fase.

Leia também

Quando começa a segunda fase de Pantanal e o que muda na novela

Você pode gostar também
buy cialis online