VOTE: qual foi o melhor casal de Malhação?

Novela adolescente chegou ao fim depois de 27 anos

Malhação chega ao fim nesta sexta-feira (28) após 27 anos no ar. A Globo decidiu não renovar a série adolescente, que ficou marcada por lançar ao estrelato muitos dos atores da emissora. Além disso, casais fictícios da novela se tornaram queridinhos do público e são lembrados até hoje. Qual foi o melhor casal de Malhação? Deixe sua opinião nos comentários.

Bruno e Fatinha – Qual foi o melhor casal de Malhação?

Bruno (Rodrigo Simas) e Fatinha (Juliana Paiva) são um dos casais mais marcantes de Malhação. Os dois estiveram na temporada exibida em 2012 – ela era uma garota popular do colégio, enquanto ele fazia o estilo rapaz certinho. Apesar das diferenças, o casal ganhou o coração dos fãs que torceram para um final feliz.

Fatinha
Bruno (rodrigo simas) e fatinha (juliana paiva) – foto: reprodução/globo

 

Karina e Pedro

Karina (Isabella Santoni) e Pedro (Rafael Vitti), apelidados de “Perina” pelos fãs, também foi um dos casais mais queridos pelo público. Eles protagonizaram a temporada de 2014, intitulada Malhação: Sonhos, que está sendo reprisada atualmente na Globo.

Globo bate o martelo para volta de malhacao com casal perina saiba quando · noticias da tv google chrome
Pedro e karina são os protagonistas de malhação sonhos – foto: reprodução/globo

 

Betina e Bernardo – Qual foi o melhor casal de Malhação?

Betina (Fernanda Vasconcellos) e Bernardo (Thiago Rodrigues) foi os queridinhos da temporada exibida em 2005 de Malhação. Como de costume, eles tiveram um final feliz apesar das adversidades. Os atores voltaram a contracenar juntos em Páginas da Vida (2006)  e Tempos Modernos (2010).

Betina
Betina (fernanda vasconcellos) e bernardo (thiago rodrigues) em malhação 2005 – foto: reprodução/globo

 

Gustavo e Letícia

A temporada de Gustavo (Guilherme Berenguer) e Letícia (Juliana Didone) foi uma das mais bem-sucedidas da novela adolescente, marcada pela Vagabanda. O casal precisava enfrentar as armações de Catraca (João Velho) e Natasha (Marjorie Estiano), que queriam acabar com o romance.

Gustavo
Gustavo (guilherme berenguer) e letícia (juliana didone) – foto: reprodução/globo

 

Miyuki e Cabeção – Qual foi o melhor casal de Malhação?

Outro casal que conquistou o público em 2003 foi Miyuki (Danni Suzuki) e Cabeção (Sérgio Hondjakoff). Os dois fizeram sucesso justamente pelo jeito estranho e carismático de ser. O caminho até o coração da moça não foi fácil para Cabeção, mas para a alegria dos fãs, ele conseguiu conquistá-la.

Qual foi o melhor casal de malhação
Miyuki (danni suzuki) e cabeção (sérgio hondjakoff) – foto: reprodução/globo

 

Júlia e Pedro

Mais um casal da Malhação “das antigas” fez sucesso. Se trata de Júlia (Juliana Silveira) e Pedro (Henri Castelli), da temporada de 2002. A história é clichê, sendo ela uma garota estudiosa e ele um esportista popular, mas fez sucesso entre o pública época, que torcia por um final feliz entre os dois.

Qual foi o melhor casal de malhação
Júlia (juliana silveira) e pedro (henri castelli) – foto: divulgação/globo

 

Dado e Luiza

Se lembra de Dado (Cláudio Heinrich) e Luiza (Fernanda Rodrigues)? Logo na primeira temporada de Malhação, em 1995, os dois já caíram nas graças do público. A mocinha era uma aluna de artes marciais que se apaixonou pelo seu professor de ju-jitsu, mais velho que ela. Apesar das dificuldades causadas pela diferença de idade, eles se entregam ao amor.

Qual foi o melhor casal de malhação
Dado (cláudio heinrich) e luiza (fernanda rodrigues – foto: acervo/tv globo

Angelina e Bruno – Qual foi o melhor casal de Malhação?

Angelina (Sophie Charlotte) e Bruno (Caio Castro) tiveram um importante papel em Malhação 2008 ao abordar o tema gravidez na adolescência. Além disso, o mocinho sofre um acidente inesperado que o deixa em uma cadeira de rodas.

Qual foi o melhor casal de malhação
Bruno (caio castro) e angelina (sophie charlotte) – foto: reprodução/globo

 

Leia também: Novela Caminho das índias será substituta de Páginas da Vida no Viva

Você pode gostar também