Como trabalhar em startup: confira dicas para aumentar suas chances

Para começar, entenda que iniciativa pode vale mais que o currículo em empresas do tipo.

Também é importante investir no “inglês” e no networking.

Você gostaria de trabalhar em alguma fintech, insurtech, healthtech ou qualquer empresa do tipo, mas não tem ideia de onde começar? Vamos mostrar alguns pontos essenciais para quem saber como trabalhar em startup.

Primeiramente, entenda que startups são empresas que têm características bastante diferentes das empresas tradicionais. Nelas, o ritmo de trabalho é muito mais rápido; os resultados são perseguidos de forma muito mais ativa; e a tecnologia é base para todos os processos acontecerem de forma escalada. 

Neste cenário, é preciso entender que o perfil de quem quer saber como trabalhar em startup é outro. Essas empresas tendem a valorizar muito mais a iniciativa do que o diploma por exemplo. Afinal de contas o que vai contar no fim das contas é o resultado.

Isso não significa, porém, que você pode deixar de estudar ou se atualizar. Pelo contrário. Quem quer trabalhar em uma startup precisa estar por dentro do que acontece no mundo e em seu mercado de atuação. Desse modo, também é recomendável ter disposição para aprender o necessário o tempo todo.

 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Seja flexível e disposto a aprender

 

Quem quer saber como trabalhar em startup precisa considerar que a mudança é uma constante. Por isso, é preciso estar disposto a ser flexível. Você pode estar concorrendo a uma vaga para gerência, mas não significa que um dia ou outro não terá que fazer atividades que poderiam ser de um assistente por exemplo. O importante é estar disposto a por a mão na massa. 

Além disso, experiências anteriores contam bastante. É comum que ao trabalhar em uma startup você seja convidado a trabalhar em outra startup. Isso porque as formas de trabalho, ferramentas e conceitos costumam ser semelhantes em empresas do tipo. Mas se você está começando agora e não tem experiências anteriores para mostrar, invista em um bom portfólio, mesmo que seja através de trabalhos da faculdade ou voluntários.

como trabalhar em startup
Imagem: Reprodução / Unsplash

Como trabalhar em startup investindo em si mesmo

 

Quem quer trabalhar em uma startup também precisa investir em si mesmo de algumas formas. A primeira dica é aprender inglês de fato. É comum acontecerem reuniões com pessoas de outras nacionalidades, existirem colaboradores que não falam a sua língua e que, ainda, muitos materiais e exemplos a seguir sejam de startups estrangeiras. 

Invista também em networking tanto para conseguir uma vaga quanto para manter a sua ou conseguir outras oportunidades em outras empresas do tipo. Procure conhecer melhor as pessoas com quem trabalha e também as de outros times. Faz diferença cultivar bons relacionamentos.

Finalmente, quem quer trabalhar em uma startup precisa saber de algumas coisas: não vai dar para procrastinar porque tudo é para “ontem”. Se isso acontece com você, comece já a mudar a sua forma de agir. Em uma startup o importante é fazer rápido e ir acertando as pontas e não esperar tudo estar perfeito.

Comprar os valores da empresa e ter “sangue nos olhos” também são atitudes que uma startup espera. Exatamente por isso vale a pena fazer um exame de consciência para saber se você tem o perfil e quer realmente trabalhar em uma startup. Se a resposta for sim, comece já a investir para aumentar suas chances!

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes