Estátuas de cera em Museu de cera no Paraná vira meme na web

Estátuas de cera do artista Arlindo Armacollo viralizaram na web e viraram meme. Vejam as imagens

O artista e empresário Arlindo Armacollo, de 77 anos, ficou surpresa ao saber que suas obras de arte haviam virado memes na internet. Tudo aconteceu na última quarta-feira (6), quando o museu de cera no Paraná com esculturas de personalidades da mídia do Brasil e do mundo em tamanho real, foram parar entre os assuntos mais comentados do Twitter.

O meme do Museu de cera 

Na primeira semana de 2021, as peças do escultor Arlindo Armacollo viraram o meme do ano nas redes sociais. Uma reportagem de 2015 da Folha TV de Londrina ressurgiu nas páginas web, virou meme e logo foi parar nos trending topics do Twitter. A matéria fala da exposição de bonecos de cera ‘Amigos de Deus’, montada na época na igreja matriz da cidade paranaense, que trazia estátuas de personalidades com rostos esculpidos em casca de laranja e cera de abelha, e corpo feito com manequins de loja.

A grande razão por trás da repercussão na internet, é porque as obras de arte criadas pelo artista local são inspiradas em personalidades da mídia, mas com uma aparência um tanto bizarra, que claro, virou motivo de piada entre os internautas de plantão . Famosos como Roberto Carlos, Marilyn Monroe, Hebe Camargo, Charlie Chaplin, Rainha Elizabeth, Martin Luther King, Ayrton Senna e Lady Di, entre outros, surgem irreconhecíveis, para não dizer bizarros, o que é um prato cheio para a turma da internet, que não perdoa e já saiu ‘trollando’ cada um dos personagens do museu de cera. 

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Imagem da estátua de Roberto Carlos criada pelo artista Arlindo Armacollo
Estátua de Roberto Carlos criada pelo artista Arlindo Armacollo (Foto: Reprodução/ Instagram)

Bonecos de cera famosos

A matéria de 2015 da TV Folha Londrina, onde é apresentado o museu de cera da cidade de Rolândia, ressurgiu nos primeiros memes do ano. Em uma reportagem de Vinicius Konchinski para o TAB, de Curitiba, o idealizador Arlindo Armacollo fala sobre o lado positivo de ter suas obras de arte viralizadas na internet. “Toda essa repercussão foi até boa, viu? Divulgou meu trabalho. Era para ser”.

Imagem de Ayrton Senna criada pelo artista Arlindo Armacollo
Ayrton Senna criada pelo artista Arlindo Armacollo (Foto: Reprodução/ Instagram)

A reportagem onde falava sobre a inauguração da exposição das obras do empresário e escultor, realizada na Paróquia São José. No vídeo sobre a exposição no museu de cera, ele aparece sorridente, orgulhoso, falando que todos os seres humanos são muito parecidos. Há, entretanto, características peculiares que tornam uma pessoa diferente da outra. “São os detalhes”, resume. “As expressões do rosto, a forma de olhar, as curvas da boca, o tamanho dos lábios?”

Imagem da Rainha Elizabeth criada pelo artista Arlindo Armacollo
Rainha Elizabeth criada pelo artista Arlindo Armacollo (Foto: Reprodução/ Instagram)

Saiba mais sobre o artista

Armacollo é católico praticante e sua primeira escultura de cera foi um retrato da Madre Teresa de Calcutá. A parceria com o padre Ágius começou em 2014, quando ele disse ao padre que pretendia produzir outras obras como aquela, e sugeriu expô-las todas na igreja. “O padre era muito ‘cabeça aberta’, sabe? Topou na hora”, disse na reportagem.

Imagem de Arlindo Armacollo e o padre José Agius
Arlindo Armacollo e o padre José Agius na paróquia de Rolândia (Foto: Reprodução/ Instagram)

Ao ser questionado sobre a repercussão na web e as queixas pela falta de mais detalhes na aparência das personalidades, Armacollo diz: “Fizeram umas fotos de uns ângulos meio esquisitos. Isso aí não ajudou”, disse. “Na época em que a exposição foi aberta, foram colocadas fotografias das personalidades retratadas ao lado de cada escultura. Ninguém falou que estavam diferentes, viu?”.

Sobre as obras de arte, ele explica que aprende aos poucos, conforme as experiências em cada escultura. “Bem, eu sabia que uma estátua de cera era de cera, né? Comprei a cera. Agora, como amolecer a cera, dar cor, fazer as texturas, isso tudo eu fui pesquisando e aprendendo sozinho.” Sobre os detalhes para compor cada personagem, ele revela que teve que comprar perucas, unhas postiças e encomendou dentaduras para cada estátua. Importou os olhos da Inglaterra. “Aqui no Brasil não fabricam os olhos como eu precisava”, diz o artista do museu de cera. 

Onde fica o Museu?

O museu Izidoro Armacollo, nome do pai de Arlindo, foi inaugurado em 2020 e fica localizado na avenida Romário Martins, 626, no centro de Rolândia, e está aberto ao público às quartas, quintas e sextas-feiras, das 14h às 20h. Aos domingos, das 14h às 18h. A entrada é grátis.

A reportagem de 2015 explica que foi instalado um mezanino da paróquia da cidade. Na entrevista, o artista diz: “Me sinto satisfeito por ter feito, porque a gente fica feliz quando completa uma coisa que a gente se propôs a fazer”.

Memes na web: 

Veja também: 

BBB 21: Titi Müller não vai mais apresentar programa ‘A Eliminação’

BBB 21: Boninho divulga piscina da edição em vídeo

Sessão de Sábado de hoje (09/01): Globo vai passar ‘Velozes e Furiosos’

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes