Por que as mulheres muçulmanas usam hijab?

O Alcorão, o livro sagrado do Islã, diz aos muçulmanos – homens e mulheres – que se vistam com recato. Mas por que  as mulheres muçulmanas usam hijab e quais as regras?

Mas o que é um hijab?

O nome hijab se refere ao tipo de cobertura usada por muitas mulheres muçulmanas. Na maioria das vezes, é um lenço ou xale. Geralmente cobre o cabelo, o pescoço e os ombros da mulher.

Todas as mulheres muçulmanas usam um hijab? Não. No entanto, em alguns lugares – incluindo o Irã e a província de Aceh, na Indonésia – o hijab é exigido por lei. Mas, na maioria dos lugares, é uma questão de costume e as mulheres optam por usar um hijab. Na maioria das vezes, as mulheres muçulmanas decidem se devem usar um hijab na adolescência.

Quando começou a prática de usar o hijab? Isso remonta a Muhammad , o profeta mais importante do Islã . Muhammad pediu a suas esposas que usassem hijabs para diferenciá-los dos outros. O objetivo era indicar seu status especial .

Por que as mulheres muçulmanas usam o véu?

As mulheres muçulmanas optam por usar o hijab por vários motivos. Alguns veem isso como um sinal de passagem para a idade adulta. Outros usam o hijab para se identificarem como muçulmanos e mostrarem orgulho cultural . Muitos também usam a cobertura para valorizar as tradições familiares ou os costumes locais . Claro, muitas mulheres muçulmanas optam por não usar o hijab. Outros optam por usá-lo apenas em ocasiões religiosas.

O hijab costuma ser mal interpretado por pessoas de fora do Islã. Algumas pessoas pensam que as mulheres muçulmanas são forçadas a usá-lo. Outros estão confusos sobre o significado do hijab e pediram que ele seja banido . No entanto, à medida que mais pessoas aprendem sobre o hijab e sobre o Islã, a aceitação e a compreensão continuam a se espalhar.

- PUBLICIDADE -

Lenços e véus de cores e formas diferentes eram comuns em inúmeras culturas muito antes de o Islã surgir no século 7 na Península Arábica (que inclui a atual Arábia Saudita). Até hoje, os véus para a cabeça desempenham um papel significativo em muitas religiões, incluindo o judaísmo ortodoxo e o catolicismo.

Desde o século VII, o Islã cresceu e se tornou uma das principais religiões do mundo. À medida que se espalhou pelo Oriente Médio para a África do Saara e Subsaariana, para a Ásia Central e para muitas sociedades diferentes ao redor do Mar da Arábia, ele incorporou alguns costumes velados locais e influenciou outros. Mas só recentemente alguns estados islâmicos, como o Irã, começaram a exigir que todas as mulheres usassem o véu (no Irã é chamado de chador , que cobre todo o corpo).

Os críticos da tradição muçulmana do véu argumentam que as mulheres não usam o véu por escolha própria e muitas vezes são forçadas a cobrir a cabeça e o corpo. Em contraste, muitas filhas de imigrantes muçulmanos no Ocidente argumentam que o véu simboliza devoção e piedade e que o véu é sua própria escolha. Para eles, é uma questão de identidade religiosa e autoexpressão.

De acordo com o Alcorão, que cita essa e outras práticas a quem é um seguidor do islamismo, há uma explicação para isso.

Essa vestimenta é responsável por cobrir algumas das partes do corpo feminino, além do cabelo. A religião define isso enquanto uma conduta que essas pessoas têm de seguir, para estarem de acordo com as práticas religiosas.

Está escrito no Alcorão, em 33:59: que: Ó profeta, dizei a tuas esposas, tuas filhas e às mulheres dos crentes que quando saírem que se cubram com as suas mantas; isso é mais conveniente, para que se distingam das demais e não sejam molestadas.”

Os homens muçulmanos também são incentivados a serem modestos e a se cobrirem entre a cintura e os joelhos.

Tipos de véus que as mulheres muçulmanas usam

O mais conhecido é o próprio hijab. Ele costuma cobrir apenas o cabelo, as orelhas e o pescoço. Além disso, ele deixa o rosto e boa parte do corpo de fora.

Ele é encontrado em várias formas. Assim, pode ser colorido, estampado ou mesmo decorado. Isso vai de acordo com o gosto e preferência de quem está utilizando.

Por fim, é válido destacar que há muitas formas diferentes de “amarrar” o hijab. Algumas delas são feitas por mulheres de determinados países ou regiões, e recebem nomes próprios.

- PUBLICIDADE -

Chador

Além disso, há o chador. Ele costuma cobrir todo o corpo da mulher e não tem mangas. Dessa forma, deixa apenas uma parte do rosto de fora.

Mulher utilizando um chador preto – Foto: Amber Clay/Pixabay

Mesmo que costume ser preto, na maior parte das vezes, ele é encontrado em outras cores, estampas e com decorações diversas.

Essa vestimenta é muito tradicional no Irã. No entanto, após a Revolução Islâmica que aconteceu neste país no final da década de 1970, ele se popularizou em outros lugares.

Niaq

Também, há o niaq. Esse tipo de roupa, em geral, cobre todo o corpo e deixa apenas os olhos da pessoa visíveis. Mesmo que seja, geralmente, todo preto, ele também é visto em outras colorações.

Mulher utilizando um chador vermelho e preto – Foto: Amber Clay/Pixabay

- PUBLICIDADE -

Em países como a Arábia Saudita, a lei define que as mulheres devem utilizar tal vestimenta. Por fim, é importante lembrar que há uma versão do niaq em que parte do corpo fica a mostra.

Burqa: Por que as mulheres muçulmanas usam o véu?

Para finalizar, a burqa (ou burca, em português) é o tipo de véu que cobre maior parte do corpo e rosto. Além de ser esse tipo de roupa que impede a visibilidade que as pessoas têm da mulher, ele adiciona uma tela que tampa os olhos.

Ele costuma ser visto em algumas cores, principalmente o azul ou preto. As regiões do Afeganistão e Paquistão, quando sob regime do Talibã, já decretaram que seu uso deveria ser obrigatório.

Fonte: “O outro lado do véu: Mulheres do Norte da África na França respondem ao caso do lenço na cabeça”. Copyright © 2003 de Gender and Society.  

Comentários (0)
Comentar