Pele livre: melhores influenciadoras do movimento Skin Positivity

Saiba tudo sobre o movimento Skin Positive e porque ele é tão importante atualmente.

Estamos sempre em busca de um padrão estético inalcançável, causado por uma ansiedade e autoestima fragilizados. Sendo assim, queremos ter a pele perfeita, o corpo da atriz da tv ou os cabelos da influenciadora digital. Mas na contramão disso tudo, tem surgido uma série de movimentos liderados por mulheres reais, que lutam por aceitação e contra os estereótipos de beleza. Um deles é o Skin Positivity.

O movimento “pele livre”, como também é conhecido, reúne uma série de mulheres que levantam a bandeira do autoamor, independente do seu tipo de pele. Aliás, todas elas possuem algum problema como acne, dermatite atópica, vitiligo ou rosácea, mas mesmo assim não deixam de se cuidar com produtinhos específicos para o seu tipo de pele.

Em outras palavras, elas propõem um caminho para a cura interna através da união, buscando enfrentar o preconceito da sociedade, sem cair no auto ódio e na autodestruição. Sem dúvidas, o objetivo é mostrar a beleza de mulheres reais, que possuem manchas, espinhas, pintinhas, entre outras características inerentes ao seu corpo. No entanto, essas particularidades precisam ser vistas como naturais por todos.

A filosofia do Skin Positivity já vem ganhando muitas adeptas em todo o mundo e se tornou um espaço de representatividade. Por isso, separamos uma lista de perfis interessantes para você seguir nas redes sociais. Certamente elas servirão de inspiração para você começar esse processo de auto aceitação.

 

5 Influenciadoras do movimento Skin Positivity

Primeiramente, se você tem um problema parecido com uma dessas mulheres, o primeiro passo é procurar um dermatologista. Mas, se você quer conhecer tudo sobre o universo da filosofia Skin Positivity, conheça as influencers mais ativas nas redes sociais. Aliás, aproveite para segui-las e acompanhar a sua rotina de cuidados com a pele.

Kéren Paiva – @kerenpaiva – influenciadora do Skin Positivity

Kéren é uma das representantes mais influentes desse movimento. Ela é colunista do coletivo “Bonita de Pele”, uma comunidade que reúne profissionais de beleza de todo o Brasil e trabalha ativamente em seu perfil nas redes.

- PUBLICIDADE -

Pele livre: melhores influenciadoras do movimento Skin Positivity
Kéren Paiva (Foto: Reprodução / Instagram)

Ou seja, a influenciadora está diretamente ligada a assuntos como autoestima, maquiagem, skincare e bem-estar. Além disso, Kéren possui mais de 41 mil seguidores no Instagram e aborda em seus posts sua experiência com o empoderamento e tratamentos contra as espinhas.

Preta Araújo – @pretaaraújo

Pele livre: melhores influenciadoras do movimento Skin Positivity
Preta Araújo (Foto: Reprodução / Instagram)
Leia também

Conheça a história da escritora Carolina Maria de Jesus

Conheça a origem do Dia do Imigrante italiano no Brasil

A influenciadora Preta Araújo é produtora de conteúdo para o Instagram e também Youtuber. O seu canal possui 88,8 mil inscritos e traz dicas de beleza, bate papos sobre autoestima e assuntos voltados para entretenimento. Aliás, ela também costuma falar sobre racismo e sexualidade.

Bárbara Sueyassu @barbarahat

Outra importante representante do movimento Skin Positivity é a Barbarhat Sueyassu. A influenciadora de 25 anos direciona o seu olhar para a questão do vitiligo e a naturalização desse problema de pele na sociedade. Porém, o seu perfil é uma aula de autoestima e de auto amor, então se prepare para ver fotos belíssimas da modelo.

Pele livre: melhores influenciadoras do movimento Skin Positivity
Barbarhat Sueyassu (Foto: Reprodução / Instagram)

- PUBLICIDADE -

Além de levantar a bandeira do autoconhecimento e autoamor, ela também é formada em psicologia. O seu perfil no Instagram possui 68,8 mil seguidores e fotos incríveis que mostram a sua pele do jeitinho que é.

Júlia Maria Vecchi – @junovecchi

Outra influenciadora maravilhosa que aborda muito bem a questão do Skin Positivity é a Júlia Maria. Além de levantar essa bandeira, ela também luta contra a gordofobia e preconceito contra mulheres plus size.

Pele livre: melhores influenciadoras do movimento Skin Positivity
Júlia Maria Vecchi (Foto: Reprodução / Instagram)

Em seus posts, você verá muita cor, muita luz, que só refletem a beleza do seu posicionamento. Certamente você terá várias dicas sobre beleza, autoestima, empoderamento e looks incríveis.

Nicole- @theblemishqueen

Já Nicole utiliza as redes sociais para mostrar a trajetória da sua pele durante o tratamento. Ou seja, através desse perfil é possível perceber a importância de uma rede de cuidados e do movimento Skin Positivity para muitas outras mulheres que possuem o mesmo problema de pele que ela.

Pele livre: melhores influenciadoras do movimento Skin Positivity
Nicole (Foto: Reprodução / Instagram)

- PUBLICIDADE -

Gostou de conhecer mais sobre a filosofia Skin Positivity? Sem dúvidas ele pode ajudar muitas pessoas a lidarem melhor com suas questões e buscar uma solução. E por falar em auto estima, veja nossa matéria com as influenciadoras da terceira idade mais badaladas da internet.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes