Hambúrguer de planta: você já experimentou a carne vegetal?

Soja, ervilha e grão-de-bico são alguns dos ingredientes utilizados para a fabricação da carne vegetal, produto que vem conquistando cada vez mais espaço no mercado de alimentos.

O hambúrguer de planta é um dos produtos que tem ajudado a impulsionar a indústria de alimentos produzidos a partir de vegetais. Em grande parte, o crescimento desse setor se deve ao fato de que cada vez mais pessoas estão aderindo ao vegetarianismo (quando não há consumo de carne) e ao veganismo (exclui qualquer produto de origem animal). Mas a qualidade dos itens disponíveis no mercado – e o sabor que se assemelha ao da carne animal – é uma razão igualmente importante para o feito.

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Ibope em 2018, o número de brasileiros que se definem como vegetarianos dobrou desde 2012. Hoje, eles representam 14% da população do país, ou seja, quase 30 milhões de pessoas.

No mundo inteiro, 10% dos indivíduos seguem algum tipo de dieta sem carne de origem animal. Ao mesmo tempo, o portal Health Careers informa que a carne vegetal já representa 2% de todas as opções desse tipo de produto nas prateleiras.

 

Mas o que é o hambúrguer de planta?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

hambúrguer de planta
Imagem: reprodução / Full of Plants

O hambúrguer vegetariano pode ser feito a partir de diferentes vegetais, como soja, lentilha, feijão, beterraba e grão-de-bico. Em geral, esses alimentos não se parecem com o hambúrguer tradicional, principalmente quando feitos em casa.

No entanto, a indústria tem avançado em suas pesquisas e, atualmente, existem versões que se parecem bastante com a carne de origem animal. Essa é a aposta, por exemplo, de duas startups americanas, a Impossible Burger e a Beyond Meat Burger, que já lançaram seus hambúrgueres de planta também no Brasil.

O objetivo desses produtos é imitar a carne bovina tanto na aparência e consistência quanto no aroma e sabor. No caso da Impossible Foods, isso foi alcançado a partir da heme, uma molécula rica em ferro que confere o gosto tão particular da carne assada e que está presente também em vegetais como trigo e soja.

O resultado foi tão bom que até a rede de fast food Burger King resolveu incluir o hambúrguer de planta da empresa em seu cardápio.

 

Razões para escolher o hambúrguer vegetariano

 

As carnes vegetais têm feito sucesso não só pelo sabor, mas também pela crescente preocupação com questões de sustentabilidade. Afinal, a pecuária é responsável por diferentes impactos negativos no meio ambiente, como o desmatamento de grandes áreas verdes.

Estudos recentes da Universidade de Michigan (Estados Unidos) mostraram, por exemplo, que a fabricação dos produtos à base de planta utiliza 99% menos água e 46% menos energia que a produção de carne vermelha. Além disso, carnes de planta reduzem em até 90% a emissão de gases de efeito estufa.

O aumento no consumo do hambúrguer de planta e outras variações vegetarianas pode ainda indicar maior cuidado com a saúde e a busca por uma alimentação com menos colesterol e gorduras saturadas. Também envolve motivos religiosos e posicionamentos conhecidos como cruelty-free, que valorizam artigos e atividades que não testam ou causam sofrimento aos animais.

 

Marcas brasileiras de hambúrguer vegetal

hambúrguer vegetal
Imagem: reprodução / Nutritionicity

Aqui no Brasil, diversas empresas começaram a lançar suas versões do hambúrguer de planta. Em 2019, a Fazenda Futuro, de Volta Redonda (RJ), colocou no mercado o Futuro Burger, que simula a carne bovina e não contém glúten nem transgênicos. Ele é feito com proteína da ervilha, proteína isolada da soja e do grão-de-bico. A receita leva ainda beterraba, que confere uma coloração de carne malpassada ao hambúrguer.

startup brasileira Behind The Foods também desenvolveu um hambúrguer vegetal que leva ingredientes como batata, proteína isolada de soja e ervilha. Ela promete que o sabor, a textura e o aroma são muito similares aos da carne bovina. Em breve, a companhia deseja oferecer também outras opções, entre elas salsicha e carne moída, tudo à base de plantas.

Para competir no mercado vegetariano, a JBS, maior produtora de carne do mundo, criou o Incrível Burguer. O produto – feito de soja, trigo, alho, cebola e beterraba – integra a família da marca Seara.

Por fim, a marca Superbom, que já desenvolve itens como maionese, leites e queijos vegetais, lançou o Burger Gourmet Vegan. Segundo a empresa, seu hambúrguer de planta leva proteína da ervilha, não contém glúten, transgênicos ou conservantes. Por outro lado, é enriquecido com vitaminas, ferro e zinco.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes