Bob Dylan, Lady Gaga e mais: ouça os 12 melhores álbuns de 2020

Este foi um ano muito difícil para toda a arte, um setor que depende muito de eventos e da aglomeração de pessoas. Contudo, a pandemia do coronavírus não foi capaz de frear os principais lançamentos da música. Por isso, compilamos abaixo uma lista de doze grandes álbuns lançados em 2020. Cada álbum da lista representa um mês diferente do ano e foi bem recebido pela crítica especializada.

Este foi um ano muito difícil para toda a arte, um setor que depende da realização de eventos e, consequentemente, da aglomeração de pessoas. Contudo, a pandemia do coronavírus não foi capaz de frear os principais lançamentos da música. Por isso, compilamos abaixo uma lista de doze grandes álbuns lançados em 2020. 

Confira abaixo quais são os álbuns escolhidos:

Janeiro – Circles (Mac Miller)

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Embora Mac Miller tenha falecido tragicamente em setembro de 2018, o rapper havia preparado um novo álbum para ser lançado em seguida do sucesso Swimming. O resultado dessas gravações é o disco póstumo Circles, lançado em janeiro de 2020. Este trabalho póstumo de Miller é um belo retrato de sua evolução musical e de sua própria vida. Surpreendentemente, a música Blue World foi uma das escolhidas por Barack Obama em sua playlist anual de verão.

Fevereiro – The Slow Rush (Tame Impala)  – álbuns lançados em 2020

Tame Impala já foi considerada uma banda completa, mas hoje é apenas a alcunha artística do genial Kevin Parker. O músico australiano já atuou como produtor de hits de Kanye West, Lady Gaga e Travis Scott, porém sua melhor faceta musical está registrada em The Slow Rush. O trabalho indicado ao Grammy de Melhor Álbum Alternativo mistura psicodelia, pop, música eletrônica e rock em uma amálgama que agrada todos os fãs ecléticos de música. Sem dúvidas, é um dos principais álbuns lançados em 2020.

Março – After Hours (The Weeknd)

Esnobado pelo Grammy, The Weeknd não deixou de ter um ano muito bom. O single Blinding Lights de seu novo After Hours é uma das melhores músicas de 2020. Fora isso, o músico também recebeu elogios da crítica pela renovação de seu som, que agora conta com influências de gêneros oitentistas como new wave e dream pop. Ele até pode ter sido ignorado pela maior premiação da música, mas a popularidade de suas músicas no Spotify não mente que este é um dos melhores álbuns lançados em 2020.

Abril – Fetch the Bolt Cutters (Fiona Apple) – álbuns lançados em 2020

A cantora Fiona Apple sempre foi querida pela crítica, pois é uma das compositoras mais inovadoras da história recente da música. Mas Fetch the Bolt Cutters conseguiu alçá-la a novos patamares. Veículos como Pitchfork, Forbes e The Daily Telegraph deram notas máximas ao disco que possui uma sonoridade mais percussiva e focada no piano de Apple. O Grammy também reconheceu a evolução da compositora e indicou o trabalho a três prêmios.

Maio – Chromatica (Lady Gaga)

A esta altura de sua carreira, Lady Gaga já pode ser considerada uma das maiores estrelas da música pop. Seu novo disco, Chromatica, tornou-se seu sexto disco número um nas paradas americanas e foi indicado ao Grammy de Melhor Álbum Vocal de Pop. O álbum apresenta uma grande mudança comparada a Joanne, o último lançamento de Gaga. Contudo, Chromatica agradou os fãs da cantora que ansiavam pelo retorno às raízes pop de seu som.

Junho – Rough and Rowdy Ways (Bob Dylan) – álbuns lançados em 2020

Rough and Rowdy Ways marca o retorno à forma de Bob Dylan, um dos maiores ícones vivos da música. As incríveis letras deste disco justificam mais uma vez o prêmio de Nobel de Literatura  2016 dado ao americano. Muitos veículos apontaram este como “o melhor trabalho dele em décadas”. No site Metacritic, o disco é o segundo mais bem avaliado de 2020 (ficando atrás somente de Fetch the Bolt Cutters). Curiosamente, Fiona Apple participa tocando piano na mastodôntica Murder Most Foul, a música mais longa de toda a carreira de Dylan.

Julho – Folklore (Taylor Swift)

Taylor Swift é outro nome do pop moderno que entra na lista de grandes álbuns lançados em 2020. Surpreendentemente, a compositora lançou dois álbuns sem qualquer aviso prévio aos fãs. Da dupla de discos lançados, Folklore talvez seja o mais forte, pois possui algumas de suas músicas mais honestas de sua carreira. Fora isso, é um álbum que captura perfeitamente a quarentena e o período de isolamento social de todo o mundo . Como resultado, a crítica e o Grammy reconheceram Folklore por sua enorme qualidade.

Agosto – Inner Song (Kelly Lee Owens) – álbuns lançados em 2020

Diferente dos outros nomes desta lista, Kelly Lee Owens é um novo nome dentro da música eletrônica. Inner Song é o segundo lançado na carreira da DJ, mas é considerado um dos melhores do ano. Inner Song é um disco perfeito para ouvir sozinho durante a noite, porque possui sons perfeitos para você se desligar do mundo e refletir sobre si próprio. A revista especializada em música NME elogiou as letras introspectivas de Owens e deu nota máxima ao disco.

Setembro – Shore (Fleet Foxes)

O indie é um gênero musical que já se esgotou bastante, mas isso não impede que uma pérola seja lançada de vez em quando. Robin Pecknold, mente por trás do Fleet Foxes, lançou o melhor álbum de sua carreira em 2020. Nas palavras do próprio, Shore é um disco que “celebra a morte em face da vida” e isso pode ser percebido em seus arranjos grandiosos e letras que homenageiam músicos falecidos – John Prine, David Berman e Elliot Smith. É um disco aconchegante que deve agradar o ouvido de fãs de bandas como The Beach Boys e O Terno – inclusive, Tim Bernardes participa de uma das faixas mais bonitas do disco.

Outubro – Letter to You (Bruce Springsteen) – álbuns lançados em 2020

Muita gente já pode ter se cansado do som de Bruce Springsteen, mas seu trabalho Letter to You reacendeu de maneira grandiosa o interesse sobre sua música. O trabalho foi um sucesso da crítica e traz um Springsteen sincero, refletindo sobre envelhecimento e a mortalidade humana.  Sem dúvidas, merece um posto entre os grandes álbuns lançados em 2020.

Novembro – Plastic Hearts (Miley Cyrus)

Miley Cyrus sempre foi uma cantora de pop com um pezinho no rock, mas parece que Plastic Hearts firmou essa influência mais selvagem em seu som. Embora ainda tenha bastante similaridade com outros trabalhos de sua carreira, o novo disco da cantora é uma carta de amor ao estilo de vida do rock and roll. Inclusive, isso acabou refletindo na lista de convidados especiais, que conta com Billy Idol, Joan Jett e Stevie Nicks.

Dezembro – McCartney III (Paul McCartney) – álbuns lançados em 2020

Fechando a lista de grande álbuns lançados em 2020, não poderíamos deixar de mencionar o aguardado McCartney III.  O disco foi totalmente gravado por Paul McCartney durante a quarentena e apresenta algumas de suas músicas mais experimentais desde 1980, quando lançou o disco McCartney II.  Não é de se espantar que os discos de um ex-Beatles vendam bem, mas McCartney III se tornou o primeiro disco de um artista solo a ficar em primeiro lugar nas paradas em mais de 31 anos. Como resultado, o novo disco de Sir Paul encerra a lista de melhores álbuns lançados em 2020.

Informar Erro

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes