Covid-19: Canadá aprova vacina da Pfizer

O Canadá comprou mais injeções da vacina per capita do que qualquer outro país e diz que a aprovação é um “marco crítico”.

Canadá aprova vacina da Pfizer contra o coronavírus e a descreve como  “segura, eficaz e de boa qualidade”.

De acordo com a Health Canada, a autorização foi um “marco crítico” na luta contra a covid-19 e enfatizou que o processo de revisão foi “rigoroso”.

O país deve receber 249 mil doses neste mês e quatro milhões de doses até o final de março.

No geral, o governo tem um pedido de 20 milhões de doses desta vacina com a opção de comprar 56 milhões a mais. Isso significa que o Canadá comprou mais vacinas per capita do que qualquer outro país.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

As autoridades enfatizaram que “monitorarão de perto a segurança da vacina assim que ela estiver no mercado. Bem como não hesitarão em tomar medidas se identificarem quaisquer preocupações de segurança”.

No momento, o Canadá permite que pessoas com mais de 16 anos recebam a vacina. Mas disse que a permissão poderá ser estendida aos mais jovens assim que os “ensaios clínicos em crianças de todas as idades” estiverem prontos.

 

Canadá aprova vacina da Pfizer
Imagem: Reprodução / Pexels

Canadá aprova vacina da Pfizer

O anúncio é feito uma semana depois que o Reino Unido se tornou o primeiro país do mundo a aprovar a vacina da Pfizer.

Na segunda-feira, o primeiro-ministro Justin Trudeau disse que as primeiras doses da vacina da Pfizer chegarão ao Canadá no final de dezembro.

A vacina será administrada gratuitamente em todo o país – e assim como o Reino Unido, o Canadá disse que planeja priorizar os mais vulneráveis ​​em sua sociedade, bem como os médicos e cuidadores.

Os pacientes precisam de duas doses – com 21 dias de intervalo – para receber proteção total contra covid-19.

Na quarta-feira (9), os reguladores do Reino Unido alertaram que as pessoas com histórico de reações alérgicas “significativas” não devem receber a vacina.

Isso aconteceu depois que dois funcionários do NHS que receberam a injeção na terça-feira apresentaram sintomas de “reação anafilactoide”.

Informar Erro
Fonte Sky News

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes