UK suspende aplicação da vacina Pfizer em alérgicos após reações

A aplicação da vacina em pessoas alérgicas foi temporariamente suspensa

A Agência Regulatória do Reino Unido (MHRA) emitiu um alerta nesta quarta-feira, 9, informando que duas reações alérgicas foram registradas após a aplicação da vacina Pfizer contra a Covid-19. Por conta da ocorrência, MHRA suspendeu a aplicação de doses da vacina Pfizer em pessoas com histórico significativo de reação alérgica a vacinas, medicamentos e alimentos.

Pessoas que utilizam dispositivo auto injetáveis de adrenalina, usado para conter crises alérgicas, também não devem tomar o imunizante. O órgão, que equivale a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ainda recomendou que aplicação da vacina Pfizer seja feita em local onde haja a possibilidade de ofertar atendimento médico aos pacientes caso a reação for registrada 

Brasil investiga 1°caso de fungo fatal super-resistente a medicamentos

Vacina Pfizer é  suspensa para pessoas alérgicas 

Por conta da ocorrência, MHRA suspendeu a aplicação de doses da vacina Pfizer em pessoas com histórico significativo de reação alérgica a vacinas, medicamentos e alimentos. Pessoas que utilizam dispositivo auto injetáveis de adrenalina, usado para conter crises alérgicas, também não devem tomar o imunizante.

O órgão, que equivale a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ainda recomendou que aplicação da vacina Pfizer seja feita em local onde haja a possibilidade de ofertar atendimento médico aos pacientes caso a reação for registrada 

Reino Unido: William Shakespeare é o 2°a ser vacinado contra Covid-19

Reações da vacina Pfizer podem ter impactos no Brasil 

Caso as reações realmente tenham sido causadas pela vacina Pfizer, o Brasil pode ser diretamente impactado. Isso porque o governo brasileiro indicou na terça-feira, 8,  que quer comprar do Reino Unido 70 milhões de doses do imunizante. Não se sabe, porém, como ficará a compra se houver confirmação. 

Reino Unido é primeiro país ocidental a iniciar vacinação em massa 

O Reino Unido foi o primeiro país ocidental a iniciar a vacinação em massa. Nesta primeira etapa, recebem as primeiras doses apenas idosos acima de 80 anos e parte dos profissionais que atuam em unidades de saúde ou em asilos. 

Após a vacinação deste grupo, as próximas pessoas serão classificadas por faixa etária para serem imunizadas. A aplicação da vacina Pfizer é feita em duas doses, em um intervalo de 21 dias.  Ela precisa ser mantida em  – 70°, por isso, as doses estão sendo enviadas primeiro a cerca de 70  hospitais, onde serão armazenadas. Pontos estratégicos capazes para mantê-las em ponto ideal de refrigeração serão montados.

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.