Conheça Andy Jassy, o próximo CEO da Amazon

Próximo nome a liderar uma das empresas de tecnologia mais relevantes da atualidade, Andy Jassy tem uma trajetória de sucesso na empresa. Ele foi braço direito de Jeff Bezos, fundador da companhia. Saiba mais sobre o próximo CEO da Amazon.

O império bilionário criado por Jeff Bezos terá um novo comandante. A Amazon vai ganhar um novo CEO em breve, segundo o anúncio feito pelo próprio fundador e atual CEO da empresa nesta semana. Após 27 anos, Bezos passa o bastão do cargo mais importante da companhia para o empresário Andy Jassy, que deve assumir a posição no terceiro trimestre de 2021.

Quem é Andy Jassy?

Imagem mostra Andy Jassy, o próximo CEO da Amazon
(Foto: Amazon/Divulgação)

Andrew R. Jassy, conhecido como Andy Jassy,  é um empresário norte-americano de 53 anos, natural de Nova York (EUA). Ele trabalha na Amazon desde 1997, sendo então um dos funcionários mais antigos da empresa (criada em 1994 por Bezos). Casado com a designer de moda Elana Rochelle Caplan, Jassy é pai de duas crianças e atualmente mora no bairro de Capitol Hill, em Seattle.

Com descendência judia e húngara, Andy Jassy tem passagens acadêmicas relevantes. Na adolescência, estudou na colégio público  Scarsdale High School, em Westchester, e em seguida ingressou os estudos na Harvard College, onde foi gerente de publicidade do The Harvard Crimson, antes de obter um MBA na Harvard Business School.

Histórico na Amazon

Como investir na Amazon. Celular mostrando logo da Amazon.
Fonte: Christian Wiediger / Unsplash

Após três anos da criação da Amazon, Andy Jassy se juntou a Jeff Bezos para trabalhar no departamento de administração e marketing. Em 2003, após concluir seu MBA (curso de especialização), Jassy foi escolhido para chefiar a equipe de tecnologia e informação, que mais tarde se transformou no Amazon Web Services (AWS), área de serviços de computação em nuvem. O sucesso do sistema é notório. Atualmente, o núcleo de sistema de nuvem corresponde a metade da receita operacional da Amazon.

- PUBLICIDADE -

Em entrevista à CNN News em 2019, Jassy explicou um pouco de sua estratégia para tornar o AWS um produto a parte. “Desde o início tomamos a decisão de que, se quiséssemos atender os concorrentes consumidores da Amazon, teríamos que fazer da AWS seu próprio negócio, com uma equipe de liderança diferente e onde os negócios de consumo da Amazon fossem um cliente importante”, disse para o documentário sobre a história da Amazon produzido pela CNN.

Fortuna de Andy Jassy

O salário base de Andy Jassy, ​​assim como o de vários outros executivos em 2019 era de US $ 175.000, de acordo com a declaração Proxy mais recente da Amazon publicada em 2020. No entanto, um ano antes, o salário do novo CEO da empresa chegou no número de US $ 81.840, e a remuneração total de quase $ 1,7 milhão. Em novembro de 2020, o patrimônio líquido estimado de Andy Jassy era de $ 377 milhões. Um mês antes, o jornal americano The Real Deal Los Angeles afirmou que o empresário adquiriu uma casa de US $ 6,7 milhões em Santa Mônica, na Califórnia

Fãs de esportes

Leia também

Primeiros casos da gripe aviária H5N8 são reportados na…

Papa dá à Cúria Romana livro para meditação durante a…

Imagem mostra Andy Jassy
(Foto: Reprodução/Twitter Andy Jassy)

Andy Jassy é um grande fã de esportes, por isso, não perdeu a oportunidade de investir no mercado esportivo. Em setembro de 2018, Jassy se juntou ao grupo de investidores e se tornou um dos proprietários do time de hóquei Seattle Kraken, que faz parte da liga NHL (Liga Nacional de Hóquei). Não por acaso, a Amazon patrocina o ginásio do time.

Na época da negociação, o presidente da Seattle Hockey Partners, Tod Leiweke, chamou Jassy de “verdadeiro pioneiro” e “um dos líderes empresariais mais talentosos em toda a comunidade”. Ainda segundo a revista Fortune, Jassy é tão fã de esportes que construiu um bar esportivo dentro de sua própria casa, em Seattle.

Posicionamento político

- PUBLICIDADE -

Jassy não deixou de expor seus pensamentos em relação a onda de protestos contra o racismo policial que aconteceram nos Estados Unidos em 2020. A morte de Breonna Taylor, uma mulher afro-americana de 26 anos, morta em sua própria casa enquanto dormia por policiais de Louisville, no Kentucky, revoltou Jassy.

“Não posso deixar a morte de Breonna Taylor ir sem responsabilidade. Ainda não entendemos nos EUA. Se você não responsabilizar representantes da polícia pelo assassinato de negros, nunca teremos justiça e mudança, ou seremos o país que aspiramos (e reivindicamos) ser”, escreveu no Twitter.

Relação com Jeff Bezos

A escolha de Andy Jassy como próximo CEO da Amazon não foi à toa. Jassy foi o braço direito de Jeff Bezos no início dos anos 2000. “Eu o vi florescer como um belo executivo elogioso para Jeff”, contou Ann Hiat, ex-executiva parceria de negócios de Bezos. Em entrevista à CNN, Hiat afirmou que a relação entre os dois é positiva.

“Ele [Andy Jassy] aprendeu a antecipar as perguntas que Jeff faria, as coisas que odiaria, as coisas que amaria, seu estilo de liderança. Embora Andy, é claro, tenha sua própria versão fantástica de executivo, ele foi treinado com esses instintos para priorizar as coisas que Jeff faria e tomar decisões da mesma forma que Jeff faria quando não está na sala”, completou.

Ao anunciar que estava deixando o posto de CEO da empresa, Jeff Bezos escreveu aos funcionários que:  “Andy é bem conhecido dentro da empresa e está na Amazon há quase tanto tempo quanto eu” e ressaltou que “ele será um líder notável e tem toda a minha confiança.”

- PUBLICIDADE -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes