Eclipse Solar: saiba como assistir o fenômeno no dia 14 de dezembro

Algumas cidades brasileiras não poderá ver o fenômeno; confira

Dezembro realmente chegou recheado de fenômenos astronômicos. Além da chuva de meteoros e da rara “Estrela de Natal” que podem ser presenciadas este mês, também acontecerá um Eclipse Solar na próxima segunda-feira, dia 14. Alguns brasileiros, porém, não terão o privilégio de presenciar o fenômeno, que só será visível em algumas partes do país.

O Eclipse Solar só poderá ser visto em sua totalidade em alguns pontos do Chile e da Argentina. No Brasil e nos outros países da América Latina, ele só ocorrerá parcialmente. Veja os horários e as cidades brasileiras que terão maior visibilidade.

Melhores lugares do Brasil para ver o Eclipse Solar

Segundo o Observatório Nacional, quanto mais ao sul do país, melhor a visibilidade.  Desta forma, o Eclipse Solar será visível parcialmente na região sul, sudeste e grande parte do centro-oeste. No entanto, no nordeste e no norte quase não poderá ser visto. Veja a visibilidade e o horário do fenômeno em cada capital brasileira.

  • Porto Alegre: começará às 12h23, com ponto máximo às 13h50 e término às 15h12 – 54% do sol ficará coberto;
  • Florianópolis: começará às 12h33, com ponto máximo às 13h58 e término às 15h16 – 45% do sol ficará coberto;
  • Curitiba: começará às 12h33, com ponto máximo às 13h57 e término às 15h12 – 37% do sol ficará coberto;
  • São Paulo: começará às 12h45, com ponto máximo às 14h04 e término às 15h16 – 32% do sol ficará coberto;
  • Rio de Janeiro: começará às 12h57, com ponto máximo às 14h14 e término às 15h22 – 31% do sol ficará coberto;
  • Vitória: começará às 13h11 com ponto máximo às 14h22e término às 15h25- 24 % do sol ficará coberto;
  • Belo Horizonte: começará às 13h02, com ponto máximo às 14h13 e término às 15h17 – 21 % do sol ficará coberto;
  • Campo Grande: começará às 11h24, com ponto máximo às 12h39 e término às 13h51 – 21% do sol ficará coberto;
  • Goiânia: começará às 12h56, com ponto máximo às 13h58 e término às 14h55 – 10% do sol ficará coberto;
  • Brasília: começará às 13h05 com ponto máximo às 14h03 e término às 14h55 – 09% do sol ficará coberto;
  • Cuiabá: começará às 11h33, com ponto máximo às 12h32 e término às 13h29 – 08% do sol ficará coberto;
  • Salvador: começará às 13h43, com ponto máximo às 14h30 e término às 15h12 – 06% do sol ficará coberto;
  • Rio Branco: começará às 09h59, com ponto máximo às 10h40 e término às 11h23 – 03% do sol ficará coberto;
  • Aracaju: começará às 13h58, com ponto máximo às 14h34 e término às 15h08 – 03% do sol ficará coberto;
  • Maceió: começará às 14h07, com ponto máximo às 14h37 e término às 15h05 – 02% do sol ficará coberto;
  • Recife: começará às 14h22, com ponto máximo às 14h39 e término às 14h56 – 0,4 % do sol ficará coberto;
  • Porto Velho: começará às 11h43, com ponto máximo às 11h54 e término às 12h04 – 0,05% do sol ficará coberto;

O que é um Eclipse Solar?

O Eclipse Solar ocorre quando a Lua fica alinhada entre o Sol e a Terra. Deste modo, no meio dos dois, a Lua impede a  luz solar de chegar até a Terra e, consequentemente, o dia vira noite. Como no Brasil este alinhamento não poderá ser visto totalmente, o dia não ficará totalmente escuro.

Cuidados

Especialista alertam que para ver o Eclipse Solar, alguns cuidados devem ser adotados. Não se deve olhar o fenômeno com binóculos, telescópio ou qualquer outro instrumento de aumento que não tenha  filtros. “Não observar essa regra pode resultar em lesões permanentes na retina, disse o professor Roberto Costa,  do departamento de Astronomia da Universidade de São Paulo (USP), em entrevista à CNN Brasil.

Próximo Eclipse Solar

Os próximos eclipses solares estão previstos para acontecer em 2021 e 2022, no entanto, eles não poderão ser vistos no Brasil. Somente em 14 de outubro de 2023 acontecerá um Eclipse Solar Anular que poderá ser visto em território brasileiro. O Eclipse Solar Anular é parecido com o total, no entanto, neste caso a Lua não encobre totalmente o sol, o que forma um anel brilhante e circular. Ele poderá ser visto melhor no norte e nordeste, como Natal e João Pessoa.

 

Você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.