UE aprova vacina da Moderna contra o coronavírus

A União Europeia autorizou a vacina da Moderna, a segunda vacina contra o coronavírus a ser aprovada para uso no bloco.

UE aprova vacina da Moderna contra o coronavírus. Essa é  a segunda vacina a receber aprovação para uso nos países do bloco.

De acordo com Emer Cooke, direta executiva da Agência Europeia de Medicamentos (EMA), “esta vacina nos fornece outra ferramenta para superar a atual emergência”.

Assim, “é uma prova dos esforços e compromisso de todos os envolvidos o fato de termos esta segunda recomendação de vacina positiva há pouco menos de um ano desde que entramos na pandemia”, disse ela.

A UE garantiu a compra de até 160 milhões de doses da vacina Moderna como parte de uma estratégia conjunta de vacinas que visa garantir o acesso equitativo em todo o bloco. Além disso, essa quantidade é suficiente para vacinar 80 milhões de pessoas de seus 448 milhões de cidadãos.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

De acordo com a comissão euripeia, sob esse contrato, a empresa de biotecnologia dos EUA prometeu entregar todas as suas doses até setembro de 2021.

 

UE aprova vacina da Moderna
Imagem: Reprodução / Pexels

UE aprova vacina da Moderna

A Moderna disse em um comunicado que as primeiras entregas de sua vacina “da cadeia de abastecimento dedicada da Moderna fora dos EUA devem começar na próxima semana”.

Dessa forma, Ursula von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia, comemorou o resultado, dizendo que “estamos fornecendo mais vacinas de covid-19 para os europeus. Com a vacina da Moderna teremos mais 160 milhões de doses. E mais vacinas virão”.

Observando que a Europa garantiu até 2 bilhões de doses de vacinas potenciais, von der Leyen acrescentou: “teremos vacinas seguras e eficazes mais do que suficientes para proteger todos os europeus”.

O bloco de 27 membros já enfrenta desafios logísticos para lançar a vacina Pfizer, da qual a UE comprou 300 milhões de doses.  Vacina recebeu autorização para uso em 21 de dezembro e a campanha de vacinação começou dias depois.

 

Desafios logísticos

A vacina da Moderna pode ter seu armazenamento em temperaturas de -20º por até seis meses. Além disso, pode estar em temperaturas de geladeira de 2-8ºC por até 30 dias. Também pode estar em temperatura ambiente por até 12 horas e não precisa ter a diluição antes do uso.

Contudo, a vacina Pfizer apresenta desafios logísticos mais complexos, pois deve ser armazenada a -70ºC e dura apenas cinco dias na geladeira. Os frascos do medicamento também precisam ser diluídos para injeção. Após a diluição, devem ser usados ​​em até seis horas ou descartados.

Fonte CNN

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes