UE começará a vacinação contra covid-19 na próxima semana

Provavelmente, a UE começará a vacinação contra covid-19 na próxima semana, disse a Presidente da Comissão europeia, Ursula von der Leyen.

Provavelmente, a UE começará a vacinação contra covid-19 na próxima semana

Assim, em apenas 10 dias, as primeiras pessoas na União Europeia poderão receber a vacina contra a covid-19. A Presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen,  divulgou a informação na quinta-feira (17). 

“É o momento da Europa. Em 27, 28 e 29 de dezembro a vacinação começará em toda a UE”, tuitou von der Leyen.

Contudo, a implantação da vacina está condicionada à aprovação da vacina BioNTech-Pfizer pela Agência Europeia de Medicina (EMA).

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A agência reguladora se reunirá para tomar uma decisão sobre a vacina no dia 21 de dezembro e deve aprová-la. 

Afinal, a pressão tem aumentado sobre a EMA para acelerar sua revisão da vacina. Assim, isso levou a agência a antecipar sua audiência sobre a vacina de 29 para 21 de dezembro. 

 

UE começará a vacinação contra covid-19
Imagem: Reprodução q Pexels

UE começará a vacinação contra covid-19

Em um esforço para garantir um acesso justo em todo o bloco, a UE está realizando um programa de vacinação coordenado.

A Comissão Europeia, braço executivo do bloco, já assinou contratos com vários outros fornecedores de vacinas potenciais contra o coronavírus em um esforço para garantir doses suficientes para todos os cidadãos adultos da UE.

A Itália disse que começaria a vacinar os profissionais de saúde da linha de frente em 27 de dezembro. Enquanto, o chanceler austríaco, Sebastian Kurz, também disse que as vacinas começarão nesta data.

Contudo, as autoridades de saúde holandesas disseram que podem não estar entre os primeiros países da UE a começar a administrar a vacina, informou a agência de notícias Reuters.

As vacinações já estão em andamento no Reino Unido e nos EUA depois que os reguladores aprovaram o uso emergencial.

 

Desafios

A vacina BioNTech-Pfizer apresenta um desafio logístico único, pois deve ter um armazemento de -70 graus Celsius para manter as doses viáveis. 

Contudo, em curtas distâncias, a vacina pode ser transportada por curtos períodos de 2 a 8 graus Celsius.

Fonte DW

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes