Origem do Dia dos Pais: conheça a história por trás da data

Descubra o porquê o Dia dos Pais no Brasil é comemorado em agosto – e em outras partes do mundo celebrado em outras datas.

O Dia dos Pais pode variar de mês a depender do país, mas são raríssimos os lugares do mundo que não o celebram. No Brasil, a data se tornou uma das mais importante do ano no comércio. Apesar de muito celebrado, poucos conhecem a história que deu início a esse costume de celebrar o amor paterno em uma data específica. Conheça a seguir a origem do Dia dos Pais e entenda seu significado.

No Brasil, a data é comemorada no segundo domingo de agosto. No entanto, em outros lugares do mundo, as comemorações acontecem em meses completamente diferentes. E isso se dá devido à motivação pela qual eles foram criados – embora  a homenagem final, em todos os casos, sejam os pais.

Qual a origem do Dia dos Pais no Brasil?

O Dia dos Pais foi criado na década de 50 e, pasmem: por um publicitário. Sylvio Behring, que era diretor do jornal e da rádio Globo, queria atrair anunciantes e aproveitando uma população predominantemente católica, lançou a campanha para que fosse comemorado o dia dos pais em 16 de agosto, dia de São Joaquim – pai de Maria. A iniciativa pegou, e, nos anos seguintes, a data se estendeu por todo o Brasil.

Acontece que, alguns anos depois, o fato da comemoração ter um dia fixo acabou não sendo vantajoso nem para o comércio, nem para as famílias – que não poderiam fazer um almoço especial de comemoração em um dia útil qualquer. Então, em analogia ao Dia das Mães, optou-se por comemorar a data no segundo domingo de agosto.

Curiosidades sobre o dia dos pais

Atualmente, nem os pais brasileiros e nem o santo São Joaquim ficaram com o dia 16 de agosto: durante o papado de Paulo VI (entre 1963 e 1978), ficou instituído que 26 de julho seria o dia de São Joaquim e de Santa Ana, mãe de Maria – o que, anos depois, institui-se o Dia dos Avós.

Comemoração do Dia dos pais nos Estados Unidos

Se no Brasil comemora-se o Dia dos Pais a partir da segunda metade do século XX, nos Estados Unidos a celebração teve início em 1910. Seus objetivos também foram diferentes: se aqui a ideia era fomentar o comércio, nos Estados Unidos o intuito era fortalecer os laços familiares.

Existem muitas histórias que convergem no desejo de criação de uma data para homenagear os pais naquele País, mas a mais popular é a de Sonora Louise Smart Dood, filha de um fazendeiro veterano da guerra civil americana. Ele havia criado todos os seus seis filhos sozinhos e era tido como herói. Assim, o primeiro Dia dos Pais foi comemorado no dia 19 de junho de 1910, aniversário do pai de Sonora.

Depois da primeira celebração, a data difundiu-se por todo o estado de Washington e, em seguida, por todas as regiões dos Estados Unidos. Desde então, o Father’s Day (Dia dos Pais) é celebrado por lá no terceiro domingo do mês junho. No entanto, a data só foi oficializada em território estadunidense no ano de 1966, pelo Presidente Richard Nixon.

Conheça a origem do Dia dos Pais ao redor do mundo

Embora a influência norte-americana seja a mais disseminada, com cerca de 70 países comemorando o Dia dos Pais no terceiro domingo de junho, outras datas são interessantes de serem observadas.

Países de forte influência católica, como Itália, Portugal e Espanha, celebram a data no dia 19 de março, data em que se comemora o dia de São José, marido de Maria, mãe de Cristo.

Interesses políticos também influenciaram datas em alguns lugares, como na Rússia, que reserva o dia 23 de fevereiro, ocasião em que se comemora o Dia do Defensor da Pátria, num resquício dos tempos da União Soviética – foi nesse dia que, em 1918, foi fundado o Exército Vermelho. Já a Tailândia transformou em Dia dos Pais o 5 de dezembro, aniversário de nascimento do rei Bhumibol Adulyade.

Informar Erro

- continue lendo -

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes