Covid-19 em São Paulo: Estado ultrapassa 700 mil casos da doença

Estado contabiliza 502,1 mil recuperados; ocupação das UTIs é de 57,4%

O estado de São Paulo ultrapassou hoje (17) a marca de 700 mil casos confirmados do novo coronavírus, com o registro de 702.665 casos. Desse total, 3.172 deles foram notificados nas últimas 24 horas.

Até este momento, o estado contabiliza 26.899 mortes provocadas pelo novo coronavírus, com 47 delas ocorridas de ontem (16) para hoje (17). As informações são da Agência Brasil.

Há 4.800 pessoas internadas em estado grave em todo o estado, em casos confirmados ou suspeitos de covid-19. Desse modo, outras 6.457 estão internadas em enfermarias. Já a taxa de ocupação de leitos de unidades de terapia intensiva (UTI) está em torno de 57,4% no estado e de 55,5% na Grande São Paulo.

O estado registra também 502.107 pessoas que já podem ser consideradas curadas da doença.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Estimativa – Covid-19 em São Paulo

Até o final do mês de agosto, o estado de São Paulo poderá ter entre 835 mil e 970 mil casos confirmados do novo coronavírus. A estimativa é do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo e foi divulgada hoje (17), durante coletiva à imprensa.

Assim sendo, o Centro projeta também que o estado poderá ter, até o final desse mês, entre 30 mil e 36 mil mortes. Até este momento, o estado contabiliza 702.665 casos confirmados, com 26.899 mortes.

Então, o Centro de Contingência faz projeções quinzenais sobre o número de casos e de óbitos provocados pelo novo coronavírus. Na projeção anterior, estimada até o dia 15 de agosto, eram esperados entre 620 mil e 720 mil casos confirmados do novo coronavírus e entre 26 mil e 31 mil mortes. No entanto, o estado paulista se manteve dentro dessas projeções.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja de acordo com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. Aceito Mais detalhes