Nova CNH: o que muda no modelo de habilitação brasileiro

Com novos itens de segurança, documento passa a ser emitido nesta quarta-feira (1º)

Buscando se aproximar dos padrões internacionais, o Brasil passa a emitir nesta quarta-feira (1º) um novo modelo da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). A alteração, aprovada em dezembro de 2021 pelo Contran, já está disponível para os motoristas de São Paulo. De acordo com o Governo Federal, a nova CNH muda a segurança do documento e aumenta sua aceitação em território internacional.

Nova CNH o que muda

O novo modelo da CNH passa a ser emitido nas cores verde e amarela. Informações como data da primeira habilitação, emissão do documento, validade e número do registro passam para a parte superior do documento. O mapa dos estados foi substituído pela sigla BR, já que a nova CNH será igual em todo o território brasileiro.

A assinatura do motorista foi transferida para a parte frontal, logo abaixo da foto de identificação que permanece no mesmo local da versão anterior. No verso do documento agora é possível conferir, além do número do registro e código de segurança, a assinatura do emissor.


Uma nova tabela que indica as categorias para qual o condutor está habilitado foi inserida na parte traseira da nova carteira de habilitação, que também traz identificação com equivalência internacional. Uma série de itens de segurança foi adicionada. Entre eles, tinta especial fluorescente que brilha no escuro, itens visíveis apenas com luz ultravioleta e holograma na parte inferior do documento.

No verso, a nova carteira de habilitação trará um QR Code Vio. Além disso, a nova CNH também tem um código MRZ (Zona Legível por Máquina), mesma tecnologia utilizada em passaportes, e tradução em três idiomas: português, inglês e espanhol.

A nova versão poderá ser emitida de forma eletrônica ou impressa e está disponível para os condutores de todo o Brasil que forem emitir a segunda via, alterar dados, renovar o documento, ou tirar a CNH pela primeira vez. O Governo Federal destaca que a entrada em vigor da nova CNH não invalida os documentos atuais.


 

Antes:

Modelo antigo deixou de ser emitido
Modelo antigo contava com assinatura do condutor no verso do documento foto: detran-sp/divulgação

A carteira nacional de habilitação era emitida apenas na cor verde. No documento, um mapa indicava o estado onde a CNH foi emitida. A validade, data da primeira habilitação e o número do registro eram informados na parte inferior. Já a categoria de habilitação estava disponível apenas na parte frontal. A assinatura do motorista e data de emissão ficavam no verso do documento.

Agora:

Nova cnh muda localização de alguns itens
Novo modelo conta com mais elementos de segurança foto: detran-sp/divulgação

Leia também:
Auxílio Gasolina foi aprovado? Governo dá sinal verde para pagamento

Você pode gostar também