O rodízio em SP está suspenso até quando?

Por causa do acidente na obra da Linha 6-Laranja do metrô, a circulação de veículos está liberada

A Marginal Tietê precisou ser interditada na última terça-feira, 1 de fevereiro, depois de um desabamento na obra da Linha 6-Laranja do metrô de São Paulo, que chegou a destruir parte da pista local da via. A pista expressa já está liberada e a expectativa é que a central seja aberta ainda nesta quinta-feira. Por causa do acidente, o rodízio de veículos na capital está suspenso. Saiba até quando e como ficam as outras restrições.

Rodízio fica suspenso até quando em São Paulo?

O rodízio de São Paulo fica suspenso até essa sexta-feira, dia 4 de fevereiro. Na segunda, dia 7, o trânsito da Capital voltará a adotar a restrição de veículos de acordo com o final da placa.

O rodízio de veículos em São Paulo restringe a circulação de segunda a sexta-feira de acordo com o final da placa e o dia da semana. O esquema funciona das 7h às 10h e das 17h às 20h e vale nas ruas e avenidas internas ao chamado mini-anel viário. O descumprimento gera multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de 4 (quatro) pontos no prontuário do motorista.

Confira os dias de restrição de acordo com o final da placa:

  • Finais 1 e 2: das 7h às 10h e das 17h às 20h de segunda-feira
  • Finais 3 e 4: das 7h às 10h e das 17h às 20h de terça-feira
  • Finais 5 e 6: das 7h às 10h e das 17h às 20h de quarta-feira
  • Finais 7 e 8: das 7h às 10h e das 17h às 20h de quinta-feira
  • Finais 9 e 0: das 7h às 10h e das 17h às 20h na sexta-feira

Para mais informações, dúvidas, reclamações, avisos de necessidade de remoção e sugestões, a central de atendimento da prefeitura de São Paulo atende 24 horas por dia pelo número 156.

Reparos na Marginal

Depois da conclusão da concretagem da pista local da Marginal na noite de ontem, a pista central tem condições de segurança para a circulação de veículos, segundo nota da Secretaria de Transportes Metropolitanos e da Sabesp. Segundo o texto, “Foi realizada uma análise no local, que demonstrou que foi bem sucedido o trabalho de concretagem da abertura causada pelo acidente ao lado do Poço de Ventilação da Linha 6-Laranja de Metrô e do rompimento da tubulação de esgoto”.

No local, 4 mil m³ de concreto foram usados para preencher o buraco, evitando novos desabamentos, além de dar sustentação à tubulação de esgoto para que possam ser feitos os reparos. O Governo do Estado de São Paulo afirmou que vai instalar tapumes no local para proteger a população e preservar o local do acidente. A pista local da Marginal, no entanto, ainda não tem previsão de liberação.

O acidente ocorreu na última terça-feira na obra da Linha 6-Laranja do metrô de São Paulo, atingindo a Marginal Tietê no sentido da rodovia Ayrton Senna, na zona norte da capital. Na ocasião, uma cratera se abriu derrubando parte da pista local da via. Segundo a Secretaria de Transportes do estado, o acidente foi causado por um vazamento na galeria de esgoto. As causas ainda estão sendo investigadas.

Desabamento
Acidente ocorreu em obra do metrô. Foto: reprodução/youtube/tv globo

 

 

Você pode gostar também