Anote as datas do novo calendário do Auxílio Emergencial 2021

O Auxílio Emergencial será pago até novembro de 2021

O novo calendário do Auxílio Emergencial 2021 já está em vigor. O benefício será pago até novembro deste ano, totalizando 7 parcelas, e os beneficiários podem consultar o saldo pelo site do Dataprev.

Novo calendário do Auxílio Emergencial 2021

Nascidos em janeiro

6ª parcela – 21/09 (depósito)  | 04/10 (saque)
7ª parcela – 20/10 (depósito) | 01/11 (saque)

Nascidos em fevereiro

6ª parcela – 22/09 (depósito) | 05/10 (saque)
7ª parcela – 21/10 (depósito) | 03/11 (saque)

Nascidos em março

6ª parcela – 23/09 (depósito) | 05/10 (saque)
7ª parcela -22/10 (depósito) | 04/11 (saque)

Nascidos em abril

6ª parcela – 24/09 (depósito) |06/10 (saque)
7ª parcela – 23/10 (depósito) | 05/11 (saque)

Nascidos em maio

6ª parcela – 25/09 (depósito) | 08/10 (saque)
7ª parcela – 23/10 (depósito) | 09/11 (saque)

Nascidos em junho

6ª parcela – 26/09 (depósito) | 11/10 (saque)
7ª parcela – 26/10 (depósito) | 10/11 (saque)

Nascidos em julho – Novo calendário do Auxílio Emergencial 2021

6ª parcela – 28/09 (depósito) | 13/10 (saque)
7ª parcela – 27/10 (depósito) | 11/11 (saque)

Nascidos em agosto

6ª parcela – 29/09 (depósito) | 14/10 (saque)
7ª parcela – 28/10 (depósito) | 12/11 (saque)

Nascidos em setembro

6ª parcela – 30/09 (depósito) | 15/10 (saque)
7ª parcela – 29/10 (depósito) | 16/11 (saque)

Nascidos em outubro – Novo calendário do Auxílio Emergencial 2021

6ª parcela – 01/10 (depósito) | 18/10 (saque)
7ª parcela – 30/10 (depósito) | 17/11 (saque)

Nascidos em novembro

6ª parcela – 02/10 (depósito) | 19/10 (saque)
7ª parcela – 30/10 (depósito) | 18/11

Nascidos em dezembro

6ª parcela:  03/10 (depósito) | 19/10 (saque)
7ª parcela – 31/10 (depósito) | 19/11

Quem vai receber a prorrogação do auxílio emergencial?

Os beneficiários do auxílio emergencial 2021 são os mesmos que recebem desde 2020, quando foi criado o programa.

Isso porque o Governo Federal usa a mesma base de dados do ano passado, e não existe a possibilidade de abrir um novo cadastro.

Continua recebendo o auxílio emergencial aquele beneficiário que:

  • Tenha mais de 18 anos, com exceção de mães adolescentes;
  • Não tenha carteira assinada nem receba nenhum benefício previdenciário, com exceção do Bolsa Família;
  • Tenha rendimento abaixo de R$ 28.559,70 referente ao ano de 2019;
  • O beneficiário não pode ter patrimônio superior a R$ 300 mil.

Ficam excluídos também quem tenha CPF vinculado à pensão por morte, seja estagiário, residente médico ou multiprofissional ou ainda receba bolsas de estudo dos governos municipal, estadual ou federal.

É importante ressaltar também que o CPF em situação regular é um dos requisitos para receber o benefício.

Consultar no site do Dataprev o Novo calendário do Auxílio Emergencial 2021

Como o Governo Federal vem fazendo um pente fino mensalmente nos benefícios, mesmo que você tenha recebido as primeiras parcelas do auxílio emergencial de 2021, deve consultar se não caiu na revisão do benefício. Na consulta você vai saber se tem direito ou não ao auxílio e a situação do seu benefício.

Caso o benefício apareça bloqueado ou suspenso, é porque o Governo Federal identificou irregularidades ou que você não tem mais direito ao auxílio. É possível contestação, que deve ser feita diretamente no site do Dataprev.

É possível se inscrever para receber o novo calendário do Auxílio Emergencial 2021?

Apesar de ter sido prorrogado em mais três parcelas, é importante frisar que o Governo Federal não abriu cadastro para novos beneficiários.

Só terá direito a prorrogação quem já vinha recebendo o auxílio emergencial desde abril deste ano.

O programa criado em 2020 como auxílio para trabalhadores informais na pandemia foi prorrogado para 2021 e teve, dentro deste ano, acréscimo de mais três parcelas.

Inicialmente, o auxílio emergencial iria ser pago de abril a julho, mas foi prorrogado em mais três parcelas e vai terminar em outubro, quando é esperada que a maioria da população adulta já esteja vacinada.

Mas ainda assim, com a prorrogação, novos beneficiários não vão poder se cadastrar. As parcelas só vão ser pagas para quem já vem recebendo desde abril deste ano.

Leia também:

O que a Dataprev analisa no auxílio emergencial de 2021?

Auxílio emergencial deve pagar parcelas atrasadas de até R$ 250

Você pode gostar também
buy cialis online